Consciência da filosofia e metafísica da saúde


 

Filosofia em Ação


Quem sou eu? “Segredo?”


Consciência da filosofia e metafísica da saúde


São Paulo, 31 de Maio de 2013


Mitiyo Oshiro Takemoto

Terapeuta Holística

CRT 38660

 

Sinte – Sindicato dos Terapeutas – Holístico 2013


 


Sumário

Introdução...................................................................................................................................I

Prefácio.......................................................................................................................................II

Filosofia......................................................................................................................................III

Alquimia.....................................................................................................................................III

Tao.............................................................................................................................................IV

Holoyoga – reflexologia.............................................................................................................V

Reflexão.....................................................................................................................................VI

Evolução....................................................................................................................................VI

Despertar...................................................................................................................................VII

O estudo da Kundalini...............................................................................................................VII

Energia sexual Kundalini............................................................................................................VII

Evolução humana......................................................................................................................VIII

O que são 7 chacras?.................................................................................................................VIII

O que é Corpo Etérico?...............................................................................................................X

O que é Corpo Espiritual?...........................................................................................................XI

Material e Metodologia..............................................................................................................XII

Discussão....................................................................................................................................XII

Conclusão...................................................................................................................................XII

Bibliografia.................................................................................................................................XIII


 


Introdução

Pensamos ser inadiável o desenvolvimento do Ser consciente. Os seres humanos, diferentemente dos seres animais, possuem um potencial criativo. Adaptamos- nos às modificações impostas pelo tempo, pela tecnologia, pelos novos modelos sociais. Mas existem características espirituais básicas que nunca sofreram modificações, assim como as forças que movimentam o Ser humano, continuam sendo as mesmas, impulsos emocionais básicos e intensos e a busca pelo conforto e segurança. Há ainda outros objetivos comuns a todo ser humano, que muitas vezes assolam a humanidade com guerras e desordens psico-sociais que também parecem não sofrer alterações, como a busca pelo poder, a exaltação do status social, o poder monetário entre outros... Todo esse desequilíbrio evolutivo vem se retratando na mente humana ao longo de muitas décadas, e porque não falar séculos, criando uma humanidade egoísta e violenta às defesas de suas aquisições. O ser humano não evolui internamente, não é capaz de controlar suas emoções, de corrigir pequenas falhas de conduta, de se auto-domar em certos aspectos, mas isso por pura falta de consciência. Consciência que não é pensamento, mas percepção. Transmitimos aos nossos filhos, e recebemos também de nossos antepassados essa cultura equivocada que faz com que as pessoas fiquem alienadas em relação às suas possibilidades. Se emanamos amor, recebemos amor. Se emanamos respeito e aceitação, é isso que receberemos, respeito e aceitação. Se emanamos ódio, geramos a condição de receber ódio. Como temos a tendência a ser impulsivos, ansiosos e até descontrolados, costumamos reagir ao ódio com mais ódio, criando um ambiente tomado pelo ódio num ciclo difícil de ser quebrado, mas sempre reagimos ao amor com mais amor. O mesmo acontece com a energia. O campo energético pessoal reflete nossos padrões mentais, o que somos por dentro costumamos demonstrar por fora. Em forma de ação ou pensamento. A nossa energia é capaz de influenciar todos os que estão a nossa volta. Ao tomarmos conhecimento da capacidade que temos de controlar esta energia, ganhamos controle sobre inúmeras capacidades. Aquele que se guia pelo amor e pela índole sempre dinamiza o que aprende, transformando em experiência evolutiva toda e qualquer situação.

I


 


Prefácio

Bem vindos ao Mundo mágico. O meu intuito é apresentar aos interessados no conhecimento do oculto que se refere a fenômenos conexos, transmitindo à humanidade o poder sutil e sublime da Kundalini. Esse conhecimento está disperso e fragmentado em grande número de livros e artigos de vários autores. O universo místico que existe na consciência do homem, mas que está adormecido no inconsciente, desde os tempos imemoráveis. Sendo que, no meu caso, o despertar aconteceu quando iniciei a investigação da energia sexual. Posso afirmar com certeza, que é realmente fantástico, que significa evolução espiritual e humana dentro da pessoa. A Kundalini sobe da base da coluna vertebral dentro da medula até chegar no crânio, o centro de energia espiritual Shen – o Bindu-Brahma. Atualmente, muitos místicos, eruditos, médiuns e cientistas que se dedicam no estudo, têm os impulsos mais evidentes que é o próprio impulso da Kundalini – a indomável. Eles persistem em investigar, muitas vezes mesmo contra os deboches incrédulos e contra o sarcasmo de incorrigíveis céticos, nos quais o impulso por várias causas que serão discutidas em detalhes mais esclarecedores, em outra ocasião. Uma mulher frígida olha com desdém para a natureza apaixonada de uma amiga e muitas vezes se considera superior a ela, esquecendo sua própria carência. Portanto, os que, como a mulher frígida, se orgulham de sua inflexível atitude “resistente”, a despeito de convincente testemunho em contrário, revelam um desinteresse muito grande pelo tema, que é tão fundamental para despertar o que está no inconsciente: trazer o inconsciente ao consciente e ampliar a visão mental. Essas pessoas são incapazes de perceber a própria deficiência, como Bernard Russel, que ao ser posto diante da ponderável evidência oferecida pela pesquisa, para algum tipo de sobrevivência, observou que, embora a evidência psíquica fosse bastante forte, a evidência biológica contra a sobrevivência ainda era mais forte. Sendo que, o tema em questão é essencial e fundamental para explorar a dimensão do corpo, da alma e do espírito, pois a nossa inteligência não tem limite, não tem fronteira, e tem a capacidade de transcender o eu, o outro, a parede, o horizonte e expandir para o universo e chegar mais próximo de Deus. “Fazer do raso o profundo, do incompreensível o compreensível, do incogniscível o congniscível.” – I CHING. Palavras de advertência: com certeza, não se deve evocar a Kundalini propositadamente, inadvertidamente, sem o aprimoramento espiritual, em hipótese alguma, no entanto, em algumas pessoas, ela desperta espontaneamente. O aluno deverá ser orientado com o Dharma do Coração. Dharma quer dizer “Ensino Correto”, dentro do ensinamento apropriado.

II


 


Filosofia

Afinal, o que é filosofia? Em nosso contexto diário e para muitas pessoas, a Filosofia acabou se tornando sinônimo de algo distante e sem muita utilidade. No entanto, foi por intermédio dela em que as grandes mentes chegaram a um passo significativo na história humana. Ela é uma ferramenta única e capaz de nos conduzir as respostas para tudo aquilo que buscamos. A etimologia da palavra “Filos” indica buscador, ao passo que “Sophia” representa a sabedoria. Assim, o filósofo – isto é, o buscador da sabedoria – é um indivíduo que procura se contextuar no Universo e perante suas Leis, visando resgatar o conhecimento sobre quem de fato somos, de onde viemos, para onde vamos e para que serve a vida e todas as coisas que nos cercam. É através da Filosofia que podemos sair da imensa crise social e moral em que estamos inseridos: os preceitos filosóficos possibilitam ao homem deixar de agir sobre os efeitos e passar a agir sobre as causas das questões que tem levado a sociedade ao sofrimento a ao desespero. A violência, a corrupção, a depressão, a solidão, a dor da perda de uma forma geral como diversos outros malefícios não são as causas, mas sim efeitos de nossa incapacidade de amar e agir de maneira moralmente correta. Por isso, afirmamos que Filosofia tem a função de nos conduzir, sobretudo ao resgate de nossa autoestima, além de nos recolocar socialmente como homens livres e independentes. *Texto extraído do Jornal Filosófico

Alquimia

A Alquimia busca entender a natureza em todas as suas formas, de maneira holística, amparada na sabedoria dos grandes conhecimentos antigos. É muito importante esclarecer e desmitificar o conceito de Alquimia. A palavra alquimia (AL KHEMY), de origem árabe significa “a química”. É a mais antiga das ciências e influenciou todas as demais pois pertence a raiz de todas. Combina elementos da química, antropologia, astrologia, magia, filosofia, metalurgia, matemática, misticismo e religião, mas sob uma ótica própria. Na antiguidade se tem registro de sua existência entre os babilônios, egípcios, chineses e os indianos, assim como na idade média, onde sua prática era realizada sob o mais absoluto dos segredos, pois era considerada como uma ciência oculta, sendo perseguidos pela Santa Inquisição da Igreja Católica. Com isso, os grandes personagens do pensamento hermético anotavam suas investigações em códigos e as chaves decifradoras só eram conhecidas pelos iniciados. Em seus laboratórios os alquimistas atribuíam propriedades que transcendiam ao comum, relativas às plantas, letras, pedras, figuras geométricas e números, para satisfazer o seu principal objetivo que é compreender a natureza e reproduzir seus fenômenos para conseguir uma ascensão a um estado superior de consciência de si próprio e de quem o procura. Para eles, transformar metal em ouro ou criar o elixir da longa vida eram coisas pequenas diante da compreensão do que somos, pois essa arte hermética era a busca maior do entendimento da natureza plena e holística onde o ser humano está inserido. O estudante de alquimia é um buscador que corre atrás de se conhecer. Hoje, assim como

antigamente, na realização dos experimentos e por meio de constantes leituras e releituras, o Alquimista nas várias etapas da transformação no seu laboratório ou consultório vai gradativamente

III


 


transformando a própria consciência que é o ouro espiritual, a perfeição dentro de si mesmo. Porém é importante trazer esses conceitos filosóficos para o lado prático da vida, estamos encarnados em um corpo, no planeta terra, tridimensional, sofrendo influência do meio e do inconsciente coletivo da nossa época. Desta forma, o alquimista que hoje está representado muitas vezes pelo médico, ou terapeuta holístico, deve observar no dia a dia, de forma mais aprimorada, a natureza e suas manifestações, ficando atento as transformações e aos ciclos astrológicos – sol, lua e planeta – e terrestres – semear ou colher. Sabendo interpretá-las, ele poderá ajudar melhor a quem o procura, maximizando seus efeitos para saúde e bem estar.

(autor desconhecido)

Tao

O Tao como base das doutrinas filosóficas mentais e também ocidentais é palavra chinesa que significa caminho, via, isto é a sobreposição do feminino e do masculino chamado Yin e Yang. O Tao não significa a soma de um e outro, mas tais forças existem concomitantemente e sincronicamente. O Tao como caminho e como fusão de tais elementos é o sentido de ordem, é um princípio organizador. É a reunião do caos e das polaridades. É gás dispersivo, consequente aos movimentos de fricção, se transforma em gás de combustão do próprio movimento deixando um rastro. Ao seguir o Tao vocês seguem este rastro, os movimentos, o fluxo da vida e do caminho até que, perdendo a polaridade, vocês se transformam no próprio caminho, no Tao. O Tao condena a idolatria e diz: “O mestre Tao não tem nome, ele é oculto, vive no anonimato meditando (filosofando), praticando, aprendendo, orientando e semeando o bem, o cultivo, a serenidade, meditando entre o céu e a terra.” O homem recebeu do céu uma natureza essencialmente boa para guiá-lo em todos os seus movimentos. Entregando-se a esse princípio divino dentro de si, o homem alcança uma inocência incontaminada. Ela o conduz ao bem com certeza instintiva e livre de intenções ulteriores de recompensa ou vantagem, essa certeza instintiva trás supremo sucesso e favorece através da perseverança. Nem tudo que é instintivo é também natural, nesse sentido mais elevado da palavra, mas somente o que é correto, aquilo que corresponde à vontade dos céus. Uma forma de agir instintiva e irrefletida, que não possua retidão, só poderia causar infortúnio. Confúcio comentava a respeito: “Aonde irá aquele que se afasta da inocência? A vontade e as bênçãos dos céus, não acompanham seus ato.” I Ching O céu é puro, e a terra é impura, o homem está entre o céu e a terra, entre o puro e o impuro. Certo ditado antigo diz o seguinte: “O Tao não possui qualquer forma; no entanto confere vida ao céu e a terra. O Tao é destituído de emoções; no entanto, move o sol e a lua. O Tao é destituído de nome; no entanto nutre todas as coisas da natureza.” O Tao possui tanto aspectos puros como impuros. Às vezes permanece imóvel, às vezes move-se. O céu é puro e a terra impura, todas as coisas percorrendo seu respectivo curso. A origem da pureza reside na impureza. Por esse motivo nos remetemos à meditação, reflexão. O movimento é a fundação da quietude. Se as pessoas puderem constantemente permanecer puras e imóveis, então ficaremos no estado de serenidade.

IV


 


O espírito tende para a pureza, a mente para a quietude, mas é contrariado pelo desejo de equilibrar- se. Se fores capaz de controlar, então a mente permanecerá imperturbável e pura. Aqueles que estão impossibilitados de atingir o Tao são destituídos de clareza mental e que ainda se acham escravos das emoções. Suportar a quietude gradualmente entrará no verdadeiro caminho denominado Tao, não existe nada para ser atingido, mas sim para sentir. Lao Tsé dizia: “Aqueles que são honrados não tem porque discutir. Os que não são preferem se entregar as discussões.” Aqueles que possuem elevadas virtudes não necessitam de virtude. Quando a mente permanece selvagem o espírito torna-se distraído devido à existência da ansiedade e do estresse, o corpo e a mente são afligidos por tensões. Se viveres na decepção e na ansiedade afundará no oceano do sofrimento e sempre vaguearás para fora do verdadeiro caminho. Se fores capaz de perceber intuitivamente viverás o caminho natural, se intuitivamente entenderes o Tao, sempre será puro e imóvel. Todas as meditações que fazemos são essencialmente internas, você fecha os olhos e imagina todas essas coisas (tais como sofrimento dos seres e o desejo de que sejam felizes). Mas não pense que isto vai simplesmente perder-se no espaço e não vai produzir nada. Ao imaginar certas coisas você faz com que elas se tornem realidade, se você todos os dias fica irritado, não se surpreenda se continuar ficando irritado se você mantém pensamento de irritação em sua mente. “Eu detesto ele, eu detesto ele”, não se surpreenda se você der um soco na cara dele, porque o que corpo e a fala fazem é simplesmente seguir aquilo que a mente está fazendo porque eles se iniciam na sua mente. Refletir, pensar, oração mental, examinar atentamente, ponderar, considerar, reconsiderar, isso é meditar. Como qualquer coisa, você tem que treinar antes de agir, não é possível simplesmente entrar em um carro e sair dirigindo, é necessário treinar primeiro. Antes de tocar piano você tem que treinar e treinar. Você tem que treinar-se no desenvolvimento do amor e da compaixão e tudo isso, por fim, o tornará apto a espontaneamente expressá-los em corpo e fala. Isto é algo razoável. Mencius comentava a respeito: Para verificar se alguém é um homem superior ou inferior, só precisamos observar a que parte de si ele atribui uma especial importância. O corpo tem partes superiores e inferiores; importantes e secundárias. “Não devemos sacrificar o superior em favor do inferior e nem devemos sacrificar o inferior em favor do superior, devemos sim, manter o equilíbrio.”

Holoyoga – Reflexologia – Autocura Fundamento: Tantrayana, o Veículo de Diamante

Tantrayana: 2 cérebros, o equilíbrio dinâmico do Yin e Yang. Holoyogaterapia é uma prática simultânea do Tantra, Yoga e Budh: os 3 Tan Tiens, a consciência da filosofia e metafísica do Tao-Yin; conscientização do corpo, da mente e do espírito, pois dentro de cada um de nós existe: um ser animal (corpo), um ser humano (mente) e um ser divino (espírito). Essas são as 3 dimensões da nossa existência. Daí a explicação sobre os 3 Tan Tiens, 3 mentes ou 3 veículos (Bioeletromagnética): a força vital.

V


 


Reflexão

Para refletir, filosofar: “Aprender sem pensar é inútil. Pensar sem aprender é perigoso.” (Kung Fu Tsé (Confúcio). Filosofia e metafísica: ciência geral dos primeiros princípios e das primeiras causas, conhecimento, sabedoria, força moral, (elevação espiritual) que leva ao Deus: conhecimento de verdades morais, conhecimento absoluto que procura a intuição direta das coisas; conhecimento racional único possível de alcançar a essência das coisas, modo de pensamento intermediário entre teológico e positivo; método de abordar os fenômenos da natureza, aprofundar, refletir, raciocinar, pensar e discernir, é a adequação entre o ser e a inteligência, ou seja, espírito de crítica e de superação. Nas palavras e atos do passado jaz oculto um tesouro que o homem pode utilizar para fortalecer e elevar seu próprio caráter. O estudo do passado não deve se limitar a um mero conhecimento da história, mas deve, através da aplicação desse conhecimento, procurar dar atualidade ao passado. Desembaraçando os fios de seda emaranhados, juntando-os em meadas, assim se desvenda os mistérios e segredos orientais da antiguidade. “O antigo será de novo útil.” I Ching – Lao Tsé

Evolução

A evolução da Kundalini: a fonte da força, fonte do gênio a partir do seu repositório nos órgãos reprodutores, uma fina corrente de energia vivente filtra-se para dentro do cérebro, como lubrificante para o processo evolutivo. A medida que a energia se move para cima, vai passando pelos vários chacras ao longo da medula espinhal até chegar ao chacra capital localizado no cérebro, a pessoa sente uma luz entre branca e dourada no interior do cérebro. Dizem que o fenômeno desperta requintadas sensações que se assemelham ao orgasmo, mas ultrapassam em muitas ordens de magnitude. Tais sensações são mais intensamente percebidas logo acima do palato no cérebro médio no arco descendente paralelo à curva palatal, o canal encurvado através do qual o bioplasma passa para dentro do cérebro. A Kundalini está em ação o tempo todo e em forma de energia “torrente”. Essa torrente ascensional que é uma reconceituação do que FREUD aparentemente quis dizer com a expressão “sublimação da libido” – explica a fonte da criatividade do artista ou do intelectual. Para muito além destes há aqueles raros a quem Gopi Krishna chama “espécimes acabados do homem perfeito do futuro” tais como BUDA, CRISTO e VYASA, a consciência dos seres evoluídos . Drogas como cigarros, álcool, entorpecentes, paixão, emoção, pela comida, pelo ambiente, pelo modo de vida, ambição, pela conduta e pelo comportamento e; de fato por todos os milhares de tipos de influência, desde o mais forte ao mais leve, que dão forma à vida desde o nascimento até a morte. Assim a necessidade de uma vida moral equilibrada é baseada no imperativo biológico. O desvio da Kundalini é a causa do surgimento dos gênios maus da história, como HITLER. Neste caso a Kundalini esteve em ação desde o nascimento, tal como nos gênios. A vida destas pessoas superdotadas é geralmente tão cheia de dificuldades que a energia Kundalini pode tornar-se maligna se as qualidades mais sutis necessárias a estabilidades psíquicas não se tornarem parte integrante da sua formação: a falta desses traços mais sutis constitui uma barreira interna que impede o acesso aos níveis mais elevados da consciência.

VI


 


Despertar

O meu objetivo maior é trabalhar sobre o legado que se deteriorou, pois o I CHING sempre me orientou nesse sentido. O intuito aqui é ajudar os seres humanos em sua evolução pessoal e espiritual na simplicidade do TAO (natureza). O Tao ensina tudo sabiamente através do Yin e Yang. Yi e Yang é a base da filosofia e metafísica chinesa. Tudo se aprende intuitivamente. O que será levado em consideração é o autoconhecimento elevando a auto-estima, afeto e compreensão, eliminando os conceitos que anuviam a mente que cria a prisão mental da qual sua essência fica engaiolada. Com a eliminação dos conceitos, crenças e paradigmas que não funcionam, o Ser liberta a sua essência adquirindo a vida. A vida é construir situações que desejam vivência e não viver as situações desagradáveis que são atraídas inconscientemente. O que será ensinado serão os caminhos necessários para a evolução pessoal respeitando a capacidade de cada Ser que será despertada de forma necessária, suave, média ou intensa, de acordo com a necessidade de cada um, naturalmente, desde que esteja aberto e disposto para a transformação e a libertação do Ser.

O estudo da Kundalini

Todos são livres para participar de forma que sejam espontâneos. O trabalho será organizado de maneira que todos participem formando uma equipe de boa vontade. Uma equipe é mais que um grupo de pessoas, é a soma de “energia-pensamento”, uma união de todos em torno de um objetivo, é o sincronismo de todos que leva a resultados notáveis. Todas as pessoas tem algum tipo de conhecimento para ensinar, vamos ensinar, vamos aprender, transformar, evoluir e vamos compartilhar a alegria de viver na jornada da evolução humana. Compartilhar a felicidade é felicidade em dobro, compartilhar a dor é dor pela metade, compartilhar o conhecimento é conhecimento redobrado. O mundo é reflexo de nossas ações. Os anos haverão de passar, mas a arte de compartilhar nunca será em vão. Essa é a beleza de uma ação que sempre gera uma reação e conquista um mundo melhor. Missão: por uma causa nobre, trabalho sobre o legado que se deteriorou. Nobreza: ser nobre não é ser melhor do que um milhão de pessoas, a verdadeira nobreza é ser melhor do que foi no passado. – Provérbio Hindu Objetivo: resgatar o elo perdido: esta sublime ciência (essência) que ficou no esquecimento, no decorrer de milênios, sem que e humanidade a percebesse.

Energia sexual - Kundalini

A energia sexual é a união primordial das forças yin e yang que impulsiona o universo. Sem essa energia, nenhum de nós estaria aqui, ou simplesmente não existiríamos. Kundalini – a Fonte da Juventude – fonte da energia vital. Gopi Krishna, conhecedor da filosofia clássica iogue, acredita na existência de uma poderosa ligação biológica entre o sexo e a consciência superior, ligação que é a força motivadora subjacente a todos os fenômenos espirituais e

VII


 


paranormais já testemunhadas na história. O sistema reprodutivo é o mecanismo pelo qual se processa a evolução. Esse conceito, entretanto, não está limitado à literatura indiana. Foi descrito nos antigos registros do Tibet, do Egito, da Suméria, da China, da Grécia e outras culturas e tradições, incluindo o cristianismo primitivo. A serpente: símbolo da energia vital. A fonte do “poder da serpente” é o prana-chi – yin e yang, a energia cósmica primal que está fora do espectro eletromagnético e das outras formas de energia conhecida na ciência oficial do Ocidente.

Evolução humana

Quase todos se ocupam, num determinado momento da vida com as perguntas: “quem sou eu:”, “que forças agem dentro de mim:”, “que faculdades ainda se escondem no meu interior:” e “como posso usufruir todo o meu potencial de sorte e criatividade:”. Acreditamos que nenhum outro campo científico pode responder a essa pergunta tão amplamente como a ciência dos centros energéticos do homem. Ao compreender as tarefas e as funções dos chacras em toda a sua extensão, forma-se uma imagem do ser humano que, na sua possível perfeição é tão fascinante e sublime a ponto de mais uma vez determos para admirar a maravilha da criação. Para trabalhar eficientemente com os chacras, não é necessário que você seja clarividente, intuitivo ou sensitivo. Todavia, notará que, com essa ação, sua sensibilidade com relação aos planos etéricos aumentará substancialmente. Desenvolvendo-se também a compreensão dos relacionamentos, que unem muitos fragmentos do conhecimento e da experiência num todo harmônico, de modo inteligível.

O que são os 7 Chacras

Chacras: são o prisma sob influxo do Sol que se divide em raios coloridos. O prisma do corpo-mente- espírito humano. São o arco-íris. Um arco. A ponte entre o Céu e a Terra. São a expressão da força mental em saída e todas as possibilidades de poder mental manifestado! São canais que se alimentam por ambos os pólos: pelo polo sul ou pelo chakra base com o alimento feminino da Terra, da Mãe Divina: pelo polo norte ou chacra coronário, com o alimento masculino do Céu, da mente do Pai ou do Um, e pelos lados com todas as forças possíveis e existentes. Através do chacra do plexo solar, o corpo absorve energias vitais do SOL e, através do chacra básico, energias vitais da terra. Ele armazena essas energias e as leva, através dos chacras e nádis em fluxos vitais ininterruptos, ao corpo físico. Essas duas formas de energia cuidam do espírito vital nas células corporais. Quando a “FOME DE ENERGIA” do organismo é saciada, a energia excessiva é irradiada para fora, pelo corpo etérico através dos chacras e dos poros. Ela sai dos poros em forma de fios retos, com cerca de 5 cm, formando a aura etérica, que em regra é percebida pelos clarividentes como a primeira parte setorial da aura total. Esses raios cobrem o corpo físico como um manto de proteção, impedindo que micróbios patogênicos e corpos estranhos se infiltrem no corpo, e irradiam, simultaneamente, um fluxo constante de energia vital no meio ambiente.

VIII

É um sistema pelo qual o ser humano se relaciona com os seres vivos que habitam o meio ambiente.  

São os centros de energia psicofísica (energia pensante) que se localizam ao longo da coluna

vertebral e se relacionam com os órgãos e endócrinos, através do sistema nervoso, que possibilita a

transformação da energia psicofísica em energia espiritual.

Conhecer e assimilar os chacras é constatar o sistema humano de integração global, a integração de

diversos planos e vibrações dentro do corpo. Os chacras tem a forma de disco circular, símbolo da

perfeição e do sol (LUZ DE DEUS) que hospedam a espiritualidade, a qual tem valor ascensional,

também indica proteção a cerca espiritual que envolve a alma humana, e que na essência exprima a

totalidade de um círculo solar e ainda a luz do sol que cerca a vida e circula por ela em várias esferas

que também são rodeadas.

Observa-se que a nossa galáxia é espiralar, o nosso corpo também é em espiral, o planeta também, é

só observar o movimento da natureza, no pensamento e no movimento em que a pessoa entra em

sintonia e se envolve com seus chacras, a energia prana-pensante psicofísica, já entra em ação a

favor. Isso quer dizer que Kundalini já entrou em ação a favor dos chacras impulsionando-os para

cima revitalizando-os.

A Kundalini é feita de vontade-ação, confiança que hospeda o pensamento de Deus e tem o valor

ascensional e se sobrepõem ao processo de conquista progressiva no sentido de transformação e

evolução espiritual. Kundalini é a alegria serena que governa o nosso interior através dos chacras e é

a lei mística maravilhosa que eleva ao estado de graça, inteligência emocional, consciência sutil que

ensina o homem a compreender o conhecimento e a viver com sabedoria em harmonia com a

natureza, equilibrando o corpo, a mente e o espírito feito de confiança. Prana-yin yang, a fina

essência biológica, inteligência, consciência, o meio de nutrir equipamento receptivo da nossa

consciência, que é o sistema nervoso, o nosso contato com a consciência universal. Durante o

processo de ascensão da Kundalini, o sistema nervoso inteiro atravessa uma transformação

microbiológica que atinge especial         

 

esgotado em seus recursos.  

Os escritos de GOPI visam uma nova estrutura da sociedade humana a uma nova ordem política e

social que habilite a totalidade da raça humana a devotar-se ao desenvolvimento de seus poderes e

possibilidades latentes. O antigo conceito IOGUE vem sendo pesquisado cientificamente com base

nas ciências fisiológicas da medicina que teve inicio na INDIA sob o apoio do governo. Hoje acontece

em vários países do mundo, envolvendo religião, psicologia, psicanálise, teologia e outros.  

Teoricamente a Kundalini tem o mesmo conteúdo do DNA, e pode nos revelar muitos segredos

ocultos desde a antiguidade, que remonta os 25 mil anos.

 

 

O que é corpo etérico?

 

Corpo Etérico: é o que abriga o EU verdadeiro, o SER (Kundalini)

A maioria das pessoas considera o mundo material, e com isso também o corpo físico e

compreendidos pelo intelecto racional. Os clarividentes como Tao e Budh; todavia, veem uma grande

variedade de estruturas de energia, de movimentos energéticos, de formas e cores, que são

perceptíveis dentro e em volta do corpo físico do homem.

Caso você também seja um desses que só podem aceitar como realidade o corpo material, pense

uma vez o que acontece, porventura, com a energia, com a força vital, que anima um corpo físico e

lhe confere sensibilidade e capacidade de expressão depois da morte desse corpo. Segundo uma lei

da Física, a energia nunca se perde, mas se transforma. A força que está em ação por trás dos

aspectos materiais do corpo, com suas funções e habilidades, é constituída de um complexo sistema

de energia, sem o qual o corpo físico não poderia existir.

Esse sistema compõe-se de três elementos básicos:

1)  Os corpos etéricos ou energéticos: o que constitui a aura humana

2)  Os chacras, ou centros de energia: guiados por Kundalini e Bindu  

3)  Os nádis, ou canais de energia: transmite energia psíquico-físico dentro e fora do corpo

através dos chacras via sistema nervoso.

O corpo etérico tem aproximadamente a mesma dimensão e configuração que o corpo físico. Daí a

denominação “duplo etérico” ou “corpo físico interior”. Ele é o portador das forças

do corpo físico, bem como da força vital e criadora, e de todas as sensações físicas.

O corpo etérico é formado de novo a cada reencarnação do ser humano e se dissolve três a cinco dias

depois da morte.

O corpo físico pode pesar muitos e muitos quilos, mas o duplo etérico pesa em geral 21 gramas –

todas as pessoas “perdem” 21 gramas imedia e após o decesso.

A Kundalini carrega os corpos astral, mental e causal que continuam existindo depois da morte e se

 

         

 

matéria física dos tecidos do corpo, que

 

         

 

Discussão

 

Kundalini adormecida – uma nova orientação é necessária à ciência.

O despertar acontece muito naturalmente, quando o aluno faz contato com os seus próprios chacras,

naturalmente devendo ser bem orientado e  assimilado com muita seriedade, sob a orientação prévia

de um mestre.

Quando o aluno assimila e assume os seus próprios chacras sob orientação do Yin e do Yang dentro

dos chacras, a Kundalini é acionada para dinamizar os chacras assim ligando o Yin e Yang, ou seja, o

crânio e o sacro dinamizando o corpo, a mente e o espírito. Isso se aprende com as práticas do Tao-

Yin. O aluno adquire uma consciência integral, antes nunca vivenciando.

Percebe-se  que o tema em questão são os fragmentos dos 3 corpos. Juntar esses fragmentos

(“quebra-cabeça”) significa assimilar o eu integralmente. Dessa maneira, se fortalece

das práticas meditativas: a filosofia e metafísica em questão. Não existe maneira de aprender

didaticamente. Esse ensinamento se assimila no sistema param param, como já foi dito

anteriormente. Se aprende e assimila entre diálogos, repetidas vezes entre o mestre e o discípulo,

passo a passo intuitivamente, analogicamente e teologicamente, pois envolve alguns segredos. O

aluno vai perceber quando assimila o Tao. Leva algum tempo mas se tiver paciência, muita paciência,

vale muito a pena, certeza.

 

 

Conclusão

 

Chegar no estágio de desenvolvimento pessoal em que me encontro foi graças à compreensão e

apoio constante do Sr. Henrique Vieira Filho, que é uma pessoa de visão mais ampla e é isso que me

dá coragem, pois preciso de muita coragem, a Kundalini é uma verdadeira prova de fogo. Ela recebeu

vários nomes

 

         

 

Bibliografia    

 

Chakras que Falam! 
Sonia Szeligowsk Ramos - Ed. Arcobaleno
Chakras – Mandalas de Vitalidade e Poder
Shalila Sharamon. Bodo J. Bainski - Ed. Pensamento
Teoria dos Chacras – Ponte para a Consciência Superior
Hiroshi Motoyama - Ed. Pensamentos


O Duplo Etérico
Major Arthur E. Powell - Ed. Pensamento


Tao Yin
Mantak Chia - Ed. Cultrix


Cura Cósmica – Chi Kung Cósmico
Mantak Chia - Ed. Cultrix


Reflexologia Sexual
Mantakchia - Ed. Cultrix


Chakras – Centros de Energia de Transformação
Harish Johari - Ed. Pensamentos
Dicionário ilustrado da Língua Portuguesa
Instituto Brasileiro de Edições Pedagógicas
Planeta Extra – Hathayoga
Eduardo araia - 1ª edição: Dezembro/83; 2ª edição: Outubro/87
Internet
XIII
Tags: filosofia, I Ching, Kundalini, metafisica
Última atualização:
2013-06-13 13:11
Autor: :
Mitiyo Oshiro Takemoto - Terapeuta Holística - CRT. 38660
Revisão:
1.1
Avaliaçãoo mídia:0 (0 Votos)

Não pode comentar este artigo

Chuck Norris has counted to infinity. Twice.

Registros nesta categoria

Tags