ARTETERAPIA
Holística 2005


ARTETERAPIA
Holística 2005

Nelson Nibaldo Flores Zuniga
CRT 34429
Terapeuta Holístico

RESUMO


DISCUSSÃO
Como terapeutas sabemos que: o desequilíbrio tem nascença nas emoções, ou no espiritual, e que para re-harmonizar, físico, emoção e espiritualidade, temos que transmutar o código percebido pelas percepções é aplica-lo as atitudes.


PERCEPÇÕES
Cada percepção esta ligada a cor, sons e textura

SER HUMANO
Está ligado a todo o universo

ATOS
Estão ligados a transmutação harmônica.


CONCLUSÕES

Atividades artísticas na terapia

Toda pessoa que experimentou uma atividade artística, sentiu vivencialmente o bem que isso faz, e de como renova e estimula, especialmente quando um ser extremamente racional decide dar este passo.

Não se trata de criar uma obra de arte, mas sim vivenciar essa força, que leva as pessoas a encontrar o equilíbrio.

A arte atua de maneira diferente em cada ser humano, porém não são só as obras terminadas que interessam na terapia, nem a sua qualidade estética, é sim, na atividade criadora, nas cores, sons, formas que traz a superfície o que se passa e acontece no universo interior.

Inicialmente, existe um impulso ou encontro com determinado material, a escolha já fala de seu crescimento, às cores, sons e formas denotam: emoções, frustrações, alegrias, durante a criação o cliente se entrega totalmente a suas vivências. Quando consegue realizar a obra despreocupadamente o resultado da terapia será um êxito.

Pensamento Azul Mais livre
Inspiração/expiração Luz oscilante
Movimento Vermelho Conectado

EMPREGO DE MEIOS ARTÍSTICOS
Arte, percepção, criatividade, neutralizaram os medos e permite-se ligar profundamente a sua formação. Cria-se então uma relação intensa entre cliente e sua obra, palco de seu aprendizado infantil e adolescente, onde a seqüência de aprendizado no primeiro setênio de vida mostra que o mundo é bom, porque na o atinge. No segundo setênio principalmente o mundo é belo, sendo que em algumas oportunidades ele se torna feio. Posteriormente o mundo se tornará verdadeiro ao chegar aos vinte e um anos, camuflando as emoções.

A Arte-terapia trabalha com: lápis de cera, tinta guache, argila, papel canção, telas virgens, tinta acrílica, tinta óleo, mosaico, etc. E bom lembrar que a comunicação verbal e menor que a gestual, por isso que torna-se necessário conhecer o significado das cores e das formas e em alguns casos dos sons.

Todo ser humano tem um quadro vivo e simbólico dentro de si, que é composto de todas as suas experiências de vida, então se ele pinta uma paisagem: mostrará cores, clima, luz, sombra, rios vales e montanhas, etc. sendo um todo de sentimentos e atitudes. Cabe ao terapeuta interpretar com o cliente a sua obra, se for necessário usar outras técnicas para mudança de atitudes, "conscientizar e desbloquear conteúdos psíquicos traumáticos, elaborar uma nova realidade ou preocupar-se com a mesma, minimizando as condições adversas é maximizando a capacidade de ser bem sucedido, texto do Tutorial de Terapia Holística"

 



CUIDADOS SOBRE O JULGAMENTO ESTÉTICO
Aqui a arte deve ser vista como terapia, como comunicação, como estímulos ao processo de aprendizado, como uma higiene cultural e porque não o despertar de um profissional.

Em trabalho de grupos, família, equipes, a pintura de um quadro em conjunto; cria uma terapia de grupo que permite trocar, o Eu pelo Nós, com excelentes resultados se bem conduzidos.

A Arte-terapia trabalha muito ligada a biografia do indivíduo, uma doença, um divórcio, uma demissão, um acidente, uma crise econômica, uma guerra, uma mudança, um nascimento, uma formatura um casamento, esses acontecimentos serão relatados por meio de cores, formas, sons, ritmos, poemas, etc.

O PROCESSO DA ARTE-TERAPIA
Precisamos distinguir onde emoções se ancoraram, como foi apercebida a vida, como foi a metamorfose assimilada de fora e como foi interiorizada.

Desbloquear essas âncoras é minha tarefa, então mergulho no universo do Tato, sentido da vida, ritmo, equilíbrio, olfato, paladar, visão, temperatura, audição, sentido das palavras, pensamento e finalmente o Ser.

Após o resgate, percebemos que o cliente tinha perdido a relação com o mundo espiritual, até com seu próprio anjo da guarda ou seu próprio eu e até com as forças criadoras do universo.

Da para perceber que mesmo falando que tem uma crença considera às instituições religiosas vazias ou comercializadas, após a terapia descobre que cada qual tem de encontra-la em si mesmo.

É lenta a recuperação quando se perdeu a relação íntima com as outras pessoas tanto no aspecto de trabalho quanto no afetivo e pessoal. Isso porque as relações se tornaram superficiais e formais de mais o que trás a tornar nosso cliente incompreendido e solitário.

Tem dificuldade de se ligar ao mundo espiritual, a natureza e seus seres, aos amigos, inevitavelmente tem dificuldades de lidar com a família e o povo. Tudo isso leva a uma solidão cada vez maior, a uma incompreensão em relação ao próximo e ao próprio ser. Estas pessoas muitas vezes tentam sair dessa situação por meio do alcoolismo, drogas, tv, internet o que se transforma numa relação fictícia, que amedronta numa situação real.

ARTE-TERAPIA E RESTAURAÇÃO
A Arte-terapia vai atuar na inter-relação do espírito, alma e corpo, primeiramente, é necessário entender que o corpo atua em quatro grandes atos: (1o ) 21 anos para aprender. (2o ) 21 anos para lutar. (3o ) 21 anos para se tornar sábio. (4o ) 21 anos para ser sábio, o seja devolver ao mundo aquela sabedoria que o mundo lê deu.

São poucas às pessoas que entendem o processo da vida, que a partir dos sessenta e três anos é um período para se doar e não de receber e um período de ajudar com sabedoria aqueles que estão aprendendo, lutando e tornando-se sábios.

A individualidade ou espiritualidade está ligada diretamente a parte somática, e aqui onde podemos trabalhar preventivamente. Esta individualidade acompanha o desenvolvimento físico porque este é seu veículo de aprendizado.

A alma ou aprendizado vivencial, amadurece melhorando as qualidades do pensar, sentir e querer (ou agir).

Todo terapeuta tem que dominar no mínimo duas linguagens: português e linguagem postural. A postura do corpo e uma linguagem silenciosa que ajuda a interpretar a manifestação da alma.

A Arte-terapia permite restabelecer as forças vitais necessárias para sustentar as mudanças de vida que o cliente tenha que realizar. Sae-se revigorado, cheio de otimismo e com uma nova motivação para a vida enriquecendo as relações afetivas e profissionais.

É NECESSÁRIO SER ARTISTA ?
Não necessariamente, já somos artífices do universo, lembrando que a palavra arte vem de arqueos que significa: arcos, colunas ou fios que sustentam o universo. Desde o aparecimento do se humano na terra foi uma atuação no palco grandioso do universo.

A Arte-terapia precisa de terapeutas que conseguem interpretar as metáforas os símbolos contidos em cada expressão conhecer que cada momento da vida de uma pessoa, é uma obra em vários atos que começam com o mundo comum ou consciência limitada, passando a recusar à mudança, encontrando um mentor, assumir um compromisso, aceitar testes e provas, ver as conseqüências e recompensas, lutar com o re-aparecimento do problema e finalmente ter o resultado final. Este roteiro é o roteiro dos problemas do dia a dia e cabe a cada um elaborar durante a jornada o final.


Copyright © por SINTE - Sindicato dos Terapeutas Todos os direitos reservados.



A Arte-Terapia se diferencia da terapia ocupacional ou artística porque ela está direcionada para acordar fatos ocorridos nas diferentes fases da vida. Neste processo evolutivo: As forças da razão, emoção, identidade ou espiritualidade afloram criativamente gerando um maravilhoso mapa energético.

INTRODUÇÃO

Na arte-terapia , tomo como parâmetro que nossos corpos se desenvolvem ritmicamente, descobrimos que somos seres de ritmo para nascer, respirar, batimentos, circulação, digestão, pulsações, alimentação, sono, etc. ou seja, todos os nossos sentidos trabalham compassadamente.

Os ritmos se movimentam nos mundos da audição, da visão, dos corpos e das sensações.

As esculturas e a modelação trabalham nosso universo básico, pensamento, direita, esquerda, formas, espaço, trabalhando e desenvolvendo o sentido sinestésico e rítmico do corpo.

As pinturas em geral denotam, desenvolvem e equilibram o universo rítmico dos sentimentos e emoções, ir em frente ou retroceder, falar na superfície através das cores.

A poesia e o canto trazem o ritmo matemático, ascendentes e descendentes de forma linear, à partir do chakra da garganta, se tornando menos rígido para chegar ao chakra do terceiro olho onde os ritmos são mais sutis.


MATERIAL METODOLOGIA

Dependendo da pessoa, aplica-se uma seqüência ou um tipo de arte diferente havendo casos específicos, em que a harmonia é desenvolvida com escultura, pintura, poesia e canto, quebra-cabeça, mosaicos em sessões diferentes e sucessivas.

Todas as técnicas permeiam todos os corpos em diferentes porcentagens, cabe ao terapeuta identificar o conteúdo aflorado, baseando-se no estudo das emoções, atitudes, padrões, postura, meridianos e os centros de energia, exemplo:

Música: Corpo astral – Eu - chakras da garganta, 3o olho, coronário.

Pintura: Corpo etérico – chakra do coração.

Plástica: Corpo físico – chakras do plexo, umbigo, básico.

Sons: Trabalha forças verticais do homo erectus.

Visão: Trabalha forças do futuro e passado, para frente e para trás

Tato: Trabalha forças da vivência e lateralidade, direita/esquerda.

Só seres humanos que tem o privilégio de perceber às três dimensões e trabalhá-las de maneira de reaproxima-las 4a dimensão do espírito. Assim temos reflexos das atitudes da alma, de como elabora as percepções para transformá-la em atos.
Última atualização:
2007-05-30 11:20
Autor: :
SINTE SINDICATO DOS TERAPEUTAS
Revisão:
1.0
Avaliaçãoo mídia: 5 (1 Voto)

Não pode comentar este artigo

Chuck Norris has counted to infinity. Twice.

Registros nesta categoria

Tags