MERIDIANOS & EMOÇÕES
Holística 2005


MERIDIANOS & EMOÇÕES
Holística 2005

Nelson Nibaldo flores Zuniga
CRT 34429
Terapeuta Holístico

RESUMO

 



INTRODUÇÃO

A técnica de "Localização e Estimulação" dos Pontos de Alarme dos Meridianos, seria apenas mais uma técnica isolada se não se conectasse com todas as técnicas da Terapia Holística. Por isso aqui veremos só algumas que fazem parte da minha experiência pessoal e profissional.

"A Vida é um processo que tem início, meio e fim", a Acupuntura atua em todo o processo, mas na minha experiência as faixas etárias médias de 21 a 42 anos e de 42 a 63 são as que mais se destacam sendo a primeira voltada para os pontos que se referem a conquistas e luta, a segunda faixa etária preocupada mais com a consolidação do já conquistado e a preservação do equilíbrio mental físico e espiritual.

A Acupuntura vê o ser humano como uma réplica do universo, organismos com vida própria, mais dependentes entre si com a mesma natureza primordial, onde a energia deve estar em equilíbrio.

Os "Pontos de Alarme" estão ligados aos doze Meridianos e mencionaremos mais dois que são considerados como reservatórios de energia. (Vaso Concepção, frente do ser humano, que inicia no púbis, entre os pontos de alarme do Meridiano da Circulação e Sexo, terminando no queixo. O Meridiano do Vaso Governador que percorre a parte posterior do ser humano iniciando no cóccix até o topo da cabeça)

A Acupuntura é um método de terapia que permite trazer alívio aos desequilíbrios apresentados por nossos clientes. Não é recomendado para mulheres grávidas e para menores de 12 anos. No Manual Oficial do Terapeuta Holístico, pág 188 modelo de autorização de atendimento com Terapia Holística a cliente menor de 18 anos .

"Drenagem Linfática" Nas minhas pesquisas encontrei forte ligação entre Pontos de Alarme e Drenagem Linfática o que torna importante aos profissionais desta área conhecer estes pontos e suas ligações com os Meridianos.

A Drenagem Linfática trás uma resposta energética muito poderosa porque reconstrói o sistema em desequilíbrio e o fortalece contra a perda de energia gerada por emoções internas ou externas. Este conhecimento aliado as informações geradas pelos Meridianos são uma fonte rica em informação não verbal do Cliente.

A matéria procura entender a essência, e a essência, procura entender a matéria, nesse instante os "Pontos de Alarme" nos revelam o sagrado mapa da árvore que se conecta com o universo.
Se você observar com criatividade verá que os meridianos formam uma árvore que se projeta ao universo:

O meridiano da Circulação e Sexo representando as raízes.

Os meridianos da Bexiga, Intestino Delgado e Triplo Aquecedor, representando o tronco da árvore.

Os meridianos do Intestino Grosso, Rins, Baço-Pâncreas, Estômago e Fígado formam as ramas ou copa da árvore, apontando para cima.

Finalmente os meridianos da Vesícula Biliar e do Pulmão representando o universo.

Como podemos interpretar transformar em prática simples tudo isto?

Já sabemos segundo a teoria milenar, que o Universo é um organismo vivo e que nós somos micro-universos constituídos de energia binária (positiva/negativa, é, destas duas, nasce o equilíbrio), então como réplicas do universo estamos sujeitos as leis que regem a natureza, e a primeira leis da natureza e o equilíbrio. Então na medida que nos afastamos da natureza primordial encontramos os desequilíbrios.

Segundo os cientistas, "o corpo humano para se manter equilibrado necessita primeiramente de 61,65% de Oxigênio + 5,01% de Nitrogênio + 9,1% de Hidrogênio + 19,05% de Carbono. Disto se deduz que 60% do corpo, é oxigênio e se adicionamos carbono e hidrogênio, temos 95% da massa total do ser humano que inclui uma média de 42 litros de água que circulam em um organismo adulto. São os átomos desses quatro elementos que combinados formam as moléculas da proteína gordura e carboidrato que são os tijolos que constroem todos os tecidos, por isso são chamados de elementos de constituição. Mas tudo isso não passaria de um amontoado de moléculas sem os outros 5%, dos 92 elementos químicos que existem na natureza e dos quais apenar 17, são responsáveis por todas as funções químicas do corpo humano e curiosamente todos eles tem polaridade. Nos Terapeutas Holísticos somos alquimistas dessa polaridade ao equilibrar o todo ou as partes do nosso cliente.

Transformar meus pensamentos e práticas terapêuticas em algo simples sem tabus nem hermetismo, porque considero que o hermético não deixou desenvolver mais rapidamente a humanidade.

Voltando a que nos somos copia do universo, encontramos que alguns ambiente nos fazem bem, e isso não e nada mais que equilíbrio da nossa energia, existem muitas correntes milenares: Egito, China especialmente, nos ensinando a captar energia vital para entrar em sintonia com o universo, captando as energias por ele geradas, dali nasce a mentalização do sol captadas pelas mãos.

Já quando nos aproximamos de plantas e árvores, percebemos os poderes desses micro-universos receptores e doadores. Quem nunca experimentou apoiar as costas da base da coluna até a cabeça numa árvore e sentiu o alívio, paz, tranquilidade.

Quem já abrasou uma árvore colocando em contato os sete Centros de Energia com o tronco da árvore, percebeu que primeiramente os meridianos que correm na linha mediana do corpo humano se equilibram.

Assim como nós podemos equilibrar pessoas podemos encontrar esse equilíbrio no universo desbloqueando tensões ou adquirindo energia. Isso nos trás luz interior identificando nossas fraquezas e virtudes, reconhecendo a bagagem que transportamos na nossa mochila emocional, tornando-nos mais leves para evitar as barreiras e desvios que atrasam nosso aprendizado e principalmente ao adquirir luz interior superamos nossos medos e só quando superamos os próprios medos e que nos tornamos verdadeiramente terapeutas. Lembrando uma milenar frase "Só se pode dar o que se tem".


MATERIAL E METODOLOGIA

Manual Oficial do Terapeuta Holístico SINTE – Ed. Madras. Autor: Henrique Vieira Filho – 2000
Curso de Holopuntura 2004
Ver Bibliografia

Normas Técnicas Setoriais Voluntárias NTSV – TC 001
TERAPIA CORPORAL – Boas práticas para utilização

Terapeuta Corporal.- promove a avaliação sócio-somático-psíquica do cliente fazendo uso da observação corpórea, postural, gestual, além de analisar sua constituição biotipológica, formas de respirar e de olhar, dentre de outros aspectos, possibilitando a detecção de distúrbios energéticos e as tendências de psicossomatização; por meio de técnicas de massoterapia, reeducação respiratória e postural, aplicação de movimentos específicos milenares (taichi-chuan, yoga, chi kung, dentre outros) ou modernos (quiroterapia, vegetoterapia, bioenergética, rolfing, biodança, dentre outros) promove ao cliente a conscientização e desbloqueio de conteúdos psíquico traumáticos, a serem trabalhados verbalmente em processo interativo e único entre terapeuta e cliente, catalizando o auto-conhecimento e mudanças em várias áreas, sendo as mais comuns: comportamento, elaboração da realidade e/ou preocupações com a mesma, incremento na capacidade de ser bem sucedido nas situações da vida (aumento máximo das oportunidades e minimização das condições adversas), além de no conhecimento e na habilidade para tomada de decisões, pessoais, e profissionais. Promove também, grupos de movimento para harmonização e auto-conhecimento, podendo os mesmos serem realizados a nível empresarial almejando um maior entrosamento entre equipes e diminuição de fatores estressantes. Em recursos humanos, pode auxiliar na avaliação das contratações e na percepção dos candidatos, utilizando das técnicas de leitura corporal.

5.1.2 TERAPEUTA EM SINCRONICIDADE – distingui-se dos demais terapeutas por atuar junto ao seu cliente sem a obrigatoriedade do contato físico direto, sendo que em algumas situações nem sequer é necessária a presença do mesmo. Este profissional faz aplicações práticas da teoria da sincronicidade junguiana, utilizando métodos tradicionais e modernos de previsão, tais como radiestesia, paranormalidade, astrologia, numerologia, tart, I Ching, búzios, runas e similares, como formas auxiliares da avaliação do quadro do cliente, ou terapeuticamente, estimulando-lhe a intuição e o pensamento não linear; de posse da análise sincronística, faz uso terapêutico de técnicas como reiki, radiônica, psicotrônica, mentalizações e similares, além da discussão interativa com o cliente de aspectos levantados ou astrologicamente, ou numerologicamente ou por demais métodos tradicionais de previsão, acrecidos de aconselhamento,levando ao auto-conhecimento e a mudanças em várias áreas, sendo as mais comuns: comportamento, elaboração da realidade e/ou preocupações com a mesma, incrementando a capacidade de ser bem-sucedido nas situações da vida (aumento máximo das oportunidades e minimização das condições adversas), além de conhecimento e habilidade para tomada de decisões, inclusive, profissionais. Realiza consultoria junto a empresas, além de particulares, aconselhando e otimizando a habilidade para tomada de decisões tanto na esfera pessoal, quanto profissional, além de promover a harmonização energética de ambientes.

Ver: Manual Oficial do Terapeuta Holístico SINTE – Ed. Madras. Autor: Henrique Vieira Filho – 2000 e
Referências normativas NTSV TH 001 Código de Ética da Categoria dos Terapeutas Holísticos.

Hoje, acredito que estamos no limiar da história tendo a oportunidade de aprender e de usar a sabedoria em nossas vidas. O que antes eram disciplinas ocultas agora torna-se disponível através dos veículos de comunicação. Esta é uma grande responsabilidade porque nos abre as portas para tornar-nos consciências elevadas sem esquecer que quando mais elevação encontramos, criamos mais profundezas a serem desvendadas.

A Holopuntura como terapia holística,vê o corpo como um todo único sem focalizar um elemento determinado e sim uma disfunção.

Como Terapeutas em Holopuntura, técnica não invasiva é uma técnica absolutamente segura, sendo o objetivo terapêutico: trazer equilíbrio aos meridianos. Isso nos permite ir além do detectado conseguindo chegar a causa de determinado desequilíbrio e nesse momento que conseguimos estabilizar o processo com resultados positivos e duradouros.

O desequilíbrio cotidiano, o estresse e a perda da qualidade de vida trouxeram efeitos nocivos ao nosso ser. Mas, como viver nesse mundo moderno e voltado para o desenvolvimento do futuro? Meu pensamento e que não devemos esquecer nossa natureza cósmica que foi criada a partir de luz, energia e os quatro elementos ou cinco movimentos devidamente harmonizados. Tomando as quatro estações temos o exemplo do inverno, em que a semente fica no envólucro, guardando energia para a chegada da primavera, com seu solo fértil.


Meditando no meio do estresse: isso mesmo, essa é minha proposta para viver neste mundo atual temos que aprender a meditar no meio da pressão, da correria, das contas a pagar, das greves, da ausência do silêncio. Como fazer isso? Indo em busca da nossa natureza interior, cinco minutos de contato verdadeiro com nosso eu interior nós trás o equilíbrio necessário para cada período do dia. Quando vá para dentro do ser equilibra os meridianos.

Holopuntura e Terapia Holística

No capítulo anterior fiz referência a alguns itens do "Manual Oficial do Terapeuta Holístico" para fundamentar a importância "física" da Acupuntura, Terapia Corporal e seus "Pontos de Alarme" junto ao desenvolvimento de outra técnicas inclusive a "para-normalidade"

Como estas se conectam? Para interligar estes elementos é necessário formar o mapa energético do Ser Humano onde iremos introduzindo o resultado das minhas pesquisas relacionando-a com os estudos realizados por diversos autores recentemente.

Seria pretensão minha, achar que estou descobrindo algo novo nesta ciência de mais 5000 anos. O valor que estou agregando a Acupuntura é que posso combinar estes conhecimentos à partir do aconselhamento das atitudes e das emoções, com os "Florais de Bach" "Memória Corporal" "Centros de Energia" "Cinco Movimentos". Tudo isto detectado na comunicação verbal, postural, energética, que se manifesta de diferentes formas em consultório, é, importante também acrescentar que estes elementos ajudam a formar o mapa energético e poderemos corrigir quando necessário o desequilíbrio encontrado.

PONTOS DE ALARME E CENTROS DE ENERGIA
Os Centros de Energia relatam o que acontece no corpo, na mente e na alma antes de se manifestarem nos Pontos de Alarme dos Meridianos e se ramificam por toda a árvore meridiana, por isso a importância de desenvolver diferentes técnicas terapêuticas para detectar os níveis de equilíbrio do cliente.

Vou pular o básico dos Centros de Energia, porque é algo elementar, que todo terapeuta deveria manipular, além de ser altamente divulgado em todos os canais de comunicação. Como todos sabemos, eles são como portas que se abrem e fecham de acordo com o mecanismo físico, emocional, espiritual no aprendizado da personalidade, trabalhando em base ao paradigma da polaridade ( negativo – equilibrado – positivo) é um sistema de armazenamento único de informações de cada indivíduo, onde a realidade, experiências, sonhos deixam gravada a biografia.

Os Centros de Energia e os Doze Meridianos formam uma rede de comunicação energética, que necessita de constante manutenção. Por isso que uma única técnica não corrige o problema, só o ameniza. Para que circuito seja completo através da Acupuntura devemos atuar em algumas questões básicas:

1o Leitura Corporal.

2o Detecção dos Pontos de Alarme.

3o Equilíbrio dos Centros de Energia

4o Terapia Corporal dos Meridianos

5o Terapia em Sincronicidade

6o Aconselhamento

Assim lembramos que os Centros de Energia da Base, Umbigo e Plexo Solar são os detentores básicos da vida que alimentam a vontade do indivíduo.

O Centro de Energia do Coração é um desbravador, transforma energias pessoais em sonhos, e a vontade de amar e ser amado até os limites do universo. Ele representa o equilíbrio entre os três Centros de Energia básicos e três Centros de Energia superiores.

Os três Centros de Energia superiores Garganta, Fronte e Coroa, são a copa dessa grande árvore vibracional unindo as raízes e o tronco dos Centros de Energia Básicos aos corpos sutis ou trans-pessoais. Se os básicos se resumem a ação, o coração ao sentimento, os superiores, tem a função do pensamento racional e a ligação com o Divino.

Na Acupuntura a sincronia das energias nós ensinam como estas estão agindo e circulando ao longo do ser humano, o enrijecimento muscular reflete excesso de energia meridiana, da mesma forma a flacidez ou fraqueza, significa a perda de energia e normalmente esta começa a ser exaurida pelos chakras.

Observe sempre o equilíbrio do corpo, alinhamento dos ombros, dos pés, mediana do corpo conservando o eixo central, curvatura da coluna e cabeça, a influência meridiana e dos centros de energia estão ligados diretamente à postura.

A Acupuntura ao ser interligada com os padrões emocionais do cliente, dão a leitura de qual e o desequilíbrio meridiano, apenas confirmaremos depois com os pontos de alarme. Identificar também o padrão emocional predominante perante a vida nós da uma leitura rica de informações, nesse padrão emocional temos cinco posturas básicas:

Age errado em primeiro lugar e depois age certo. (- +)

Age errado e não quer mudar. (- -)

Age certo em primeiro lugar e depois age errado. (+-)

Age certo em primeiro lugar, continua agindo certo. Mas, se elitiza. (++)

Age com equilíbrio e está disposto a mudar se for necessário.(+)

Os cinco itens anteriores, mostram perfis emocionais que trarão distúrbios posturais e conseqüentemente nos meridianos.

Outras alternativas terapeuticas podem ser utilidadas uma vêz detectado algum ponto de alarme: a acupuntura tradicional com aplicação de agulhas, aparelho de estímulos elétricos, Laser de acupuntura, moxabustão, shiatsu e do-in. Esta aplicação também é feita em pontos de corresponência: pés, mãos e orelhas,sendo que em qualquer uma delas possibilita um resultado eficiente.

Quando um elemento orgânico se desarmoniza, aparecem espontaneamente pontos doloridos ou que apresentam dor ao serem pressionados. Esta observação é preferencialmente aconselhada de fazer com o estômago vazio e num estado de relaxamento.

Quando um dos pontos apresentar desconforto sendo levemente pressionado, é sinal de que alguma correspondência encontra-se com exesso de energia. A experiência nos mostra que quando não incomoda o ponto de referência e ao ser presionado um pouco mais forte que o normal, se nesse momento apresenta desconforto, significa que este ponto está com carência energêtica. Muita bibliografia existe para determinar e tratar estes pontos. Já na prática, a simples terapia corporal deslizando o polegar no ponto problemático corrige as desordens energéticas, independente se existe excesso ou carência de energias.

Foi visto em aula e depois em treinamento vivencial que o máximo de cinco pontos são necessários para um bom re-equilíbrio. Depois esses pontos começam a se repetir.

Como Terapeuta Hoilístico tenho a obrigação de pesquisar quais são os conflitos emocionais que incidem nos meridianos assim coloco algúns exemplos:


CONFLITOS EMOCIONAIS QUE AFETAM OS MERIDIANOS (exemplo)

Meridiano da Circulação e Sexo

O meridiano da Circulação e Sexo é afetado pelos seguintes conflitos emocionais: Medo de fracasso, crise de identidade, inferioridade, egoísmo, moralismo.

Vesícula Viliar:

O meridiano da Vesícula Biliar é afetado pelos seguintes conflitos emocionais: Ansiedade, medo de abandono, medo de estar sozinho, medo de pobreza, tristeza, mágoa, perda da fé, autopiedade, choque, trauma.

O conflito emocional que causa o desequlíbrio do meridiano deve ser apoiado pelo aconselhamento adequado a cada caso, e acompanhado de terapia vibratória com Florais de Bach com o intúito de: restabelecer e manter em equilíbrio o fluxo meridional.

MEMÓRIA CORPORAL E PONTOS DE ALARME
Segundo Roger Woolger. Other Lives (Outra forma de viver), Other Selves (Outra maneira de ser seguro de si). Bantam, NY, 1988, todo ser vivo tem memória corporal. Incorporada às células do corpo.

Meridiano do Pulmão: Região do peito: Tristeza, sufocamento, perda, medo, culpa, abafamento.

Meridiano do coração: Região do coração: Frieza do coração, bloqueio emocional, ferimentos antigos.

Meridiano da Vesícula Biliar: Lateral das costelas: Raiva, impotência. Afeta também o Meridiano do Fígado

Meridiano do Fígado: A vida não é agradável o bastante, amargor, não é justo. Afeta também o meridiano do Baço Pâncreas.

Meridiano do Estômago: Região do Estômago: Medo, amargor, terror. O que vai acontecer? "Não consigo digerir isso"

Meridiano do Baço-Pâncreas: Região da cintura: Insegurança, falta de apóio, medo, vergonha, inflexibilidade.

Meridiano dos Rins: Região dos Rins: Medo, vão me pegar, terrível ansiedade.

Meridiano do Intestino Grosso: Região umbilical: Nunca será o bastante, não desista, não demonstre medo, seja forte.

Meridiano do Triplo Aquecedor: Região abaixo do umbigo: Não quero fazer isso, sinto-me preso.

Meridiano do Intestino Delgado:
Meridiano da Bexiga:
Meridiano da Circulação e sexo: Região da pélvis: Medo, rigidez, confusão, vergonha, pudor excessivo. "Não devo sentir isso" Não devo fazer isso" "Sexo é ruim" "Isso vai me matar" "Preciso fugir" "Corre-corre" "falta de conteúdo espiritual"

Podemos encontrar mais informação na "TERAPIA REICHIANA: desenvolvida por Wilhelm Reich, onde a intervenção corporal via toque é um dos principais fatores catalizadores do aflorar do material psíquico inconsciente, o qual será trabalhado verbalmente na Terapia Holística. Reich, Wilhelm: psiquiatra, discípulo dissidente Freud, verificou que o inconsciente é corporal e que a cada tipo de trauma é "gravado" na musculatura de partes específicas do corpo, criando "couraças" musculares de caráter, causadas pelo mal fluxo dos biofótons, por ele chamados de "orgone". Manual Oficial do Terapeuta Holístico – pág 91 - 5.1.14.

Na "Árvore dos Pontos de Alarme a procura do Divino", dê a você mesmo o simples toque, o carinho, na região dos Pontos de Alarme para trazer equilíbrio constante junto do alívio e bem-estar dos canais meridionais e estar em harmonia com o universo para cuidar dos seus clientes.

Rever estes conceitos me coloca frente aos meus próprios conflitos, identificar meus padrões e sempre me surpreendo de não me conhecer totalmente, todo o aprendizado desde a minha gestação até este momento tem deixado registrado cada segundo em meu reservatório físico, emocional e espiritual. É um grande desafio se defrontar a si mesmo e transmutar os medos, crescer, olhar que nesta caminhada não estamos só e que fomos criados para cumprir a missão individual escolhida por cada um. Agradecer porque a natureza sempre foi generosa conosco, mossa parte racional dize "a natureza nos fornece alimento" sim, alimento para sustentar nosso corpo físico.

Descobrimos que ela, a natureza nós fornece elementos para restabelecer desequilíbrios físicos e psicológicos.

Mais, a descoberta que fecha o circulo dos elementos da natureza, é, que ela nós dá elementos para corrigir e alimentar nossas emoções e ali estão os Florais de Bach.

RESULTADO

Histórico: (Cliente com orientação Médica para cirugia de cisto aparente no pulso e com muita preocupação) Pessoa de 30 anos com auto-estima alta, bem resolvida profissionalmente, com casamento estável de amor recíproco e com equilíbrio no pensamento, sentimento e atitudes. Pela ACUPUNTURA o Meridiano do Rim se manifestou como Ponto de Alarme. Pelos Cinco Movimentos foi detectado o movimento Água. Pelos Centros de Energia, Chacra do Coração. Pela Cromoterapia a cor Verde e Rosa.

Durante a consulta deu para perceber que não acreditava no próprio desenvolvimento e crescimento ao verse tão distante da irmã com quem não se comunicava há muito tempo por velhos conflitos emocionais.

Terapia realizada: Laserpuntura direta no pulso e no Ponto de Alarme do Meridiano do Rim, mais a aplicação de pedra ágata verde e orientação para fazer as pazes com a irmã.

Após á primeira semana a protuberância parou de incomodar e começou a desaparecer levemente.

Na segunda semana, o processo voltou a incomodar trazendo um retrocesso no processo devido a fortes mudanças no ambiente profissional do cliente.

Terceira semana há um pequeno, mais imperceptível avanço.

Quarta semana dá a impressão de estabilidade.

Quinta semana a protuberância começou a desaparecer levemente, em sete semanas de terapia o problema foi resolvido pela Acupuntura, com Terapia Corporal e a dissolução de velhas raivas e pelo re-equilíbrio energético do Meridiano do Rim.

DISCUSSÃO

Como terapeuta é necessário estar em constante equilíbrio tendo o caminho das percepções abertas, especialmente os canais de comunicação: auditivo, visual e do tato. A forma de falar, a entoação da voz o rítmo da fala, a maneira de olhar, a postura do corpo, dos ombros, das mãos, dos pés. Só um aperto de mão já fala muito do nosso cliente.

Com os Pontos de Alarme dos doze Meridianos temos uma técnica altamente assertiva podendo adequar na terapia a outras técnicas.

Encontrado algum Ponto de Alarme em desequilíbrio temos que reajustar as energias do meridiano afetado, verificando a qual Centro de Energia está ligado, fazendo necessariamente os Meridianos adjacentes. Temos assim, diferentes técnicas usadas de acordo com as necessidades e pudores do Cliente e Terapeuta: Terapia Corporal, Terapias Vibratórias como Cor, Cristais, Reiki, Radiônica. Sem esquecer ó análise do conflito emocional que deu origem ao desequilíbrio do meridiano, trabalhando em conjunto um Floral de acordo com os sentimentos manifestados.

O aconselhamento e a permissão de desabafar ajudaram muito na resolução do conflito manifestado pelo cliente.

Já falamos que somos cópia do universo, Cliente e Terapeuta são dois universos onde alguns rítmos devem estar sincronizados: respiração, postura, atitude mental entre outras, trazendo o Cliente para a descoberta da paz do Terapeuta, para isso pode ser utilizado até um simples exercício de respiração ou mentalização positiva.

Deu para perceber que não adianta, nós orgulharmos de ser um excelente Terapeuta em uma única técnica. Para cumprir nossa missão terapêutica temos que ser excelente em uma técnica e ótimo em varias outras, por isso que nosso aprendizado é contínuo, porque na medida que ampliamos nosso conhecimento e luz, proporcionalmente ampliamos as dimensões do desconhecido.

CONCLUSÕES

A Acupuntura como técnica da terapia holística que trabalha os 12 meridianos (caminhos de energia) manifesta os pontos de alarme quando está no eixo do corpo ou bilateral em pontos eqüidistantes e simétricos que ajudam no reconhecimento das disfunções apresentadas pelo cliente.

A Acupuntura determina que os Pontos de Alarme detectados ao toque são percebidos como pequenas cavidades ou leves protuberâncias que com a prática e experiência são perceptíveis pela análise auditiva da comunicação e o visual do corpo do cliente.

REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS
Comunidade de Estudos Avançados em Terapia Holística – Curso de Holopuntura 2004 BR

O melhor da Terapia Holística – Aut. SINTE Edição colecionador Ciência ou Arte: 2004 BR

Os Cinco Movimentos – Pôster - Autor Henrique Vieira Filho – 2004 BR

Auriculoterapia – Pôster - Autor Henrique Vieira Filho – 2004 BR

Podalterapia – Pôster - Autor Henrique Vieira Filho – 2004 BR

Reflexologia – Aut. Ann Gillanders Ed. Manole Ltda.Tradução de Marcos Malvessi 1999 BR

DO-IN 1 Volume – Juracy cançado Ed. Groud 1976 BR

DO-IN 2 Volume – Juracy cançado Ed. Groud 1980 BR

Acupuntura e Acupressura – Aut. Wolf Ulrich – 1980 BR

Shiatsu Facial – Aridinea Vacchiano – Ed. Ground – 2000 BR

O Corpo Fala – Editora Vozes – Aut. Pierre Weil e Rland Tompakow – 1986-2002 BR

Akupuntur - Laser- Akupunkturgerat – Heinz Jenckel – Ed. Petra – 2004 Alemanha

Terapia de vidas Passadas – Judy Hall – Ed. Avatar Tradução Henrique Rego M.1996 BR


Copyright © por SINTE - Sindicato dos Terapeutas Todos os direitos reservados.



Os desequilíbrios energéticos atingem os corpos sutis principalmente a identidade e/ou espiritualidade e a emoção, para depois afetar fisicamente. Reverter este quadro em qualquer uma das suas etapas é realmente um milagre, que todos os seres humanos temos capacidade de realizar especialmente se formos Terapeutas Holísticos.

O corpo como órgão universal recebe e emite vibrações a cada instante se comunicando com o eu, que muitas vezes não entende a linguagem sutil pelo excesso de manifestação racional. Todo ser humano deve aprender a utilizar o pensamento, sentimento e atitude, e ter flexibilidade para saber utilizá-los de forma correta no momento certo: se uma pessoa está fazendo amor com a pessoa certa, e lógico que o sentimento e atitude, estão acima do raciocínio. Assim como na profissão estará o pensamento e atitude em primeiro lugar sem esquecer o sentimento. Por ultimo se o local onde se encontra pega fogo, a atitude de fugir estará acompanhada do raciocínio para não se machucar e dentro do possível o sentimento de solidariedade para ajudar os outros afetados.

O Ser Humano é um micro-universo que emite vibrações do seu equilíbrio e quando este é alterado, podemos e devemos saber interpretar estes sinais. Quando começamos a nos afastar da natureza para criar centros urbanos, nossa percepção foi se limitando aos ruídos da cidade, ao excesso de raciocínio que separou a Arte e a Filosofia da Ciência. Valorizou-se as cores neutras esquecendo o que falou Rudolf Steiner na sua terceira conferência sobre "A essência das cores" "O próprio Eu está dentro da cor. O Eu e o corpo astral não podem ser diferenciados do colorido, pois vivem no interior das cores"

Hoje, torna-se necessário, saber ouvir, ver, apalpar, perceber e interpretar como faziam nossos ancestrais xamã, do Brasil, da Europa, Norte América, América do Sul, África, China, Japão, Coréia. Em cada vila do planeta sempre existiu um "Terapeuta Holístico" com diferentes nomes, mas, excelentes observadores do próprio universo, perceberam que um animal carnívoro às vezes comia ervas, que lambia seus machucados, que se lambuzava de lama, que lavava suas feridas, etc. assim foi associando estas atitudes através da imitação e acompanhando seus resultados. O resgate da observação e a manutenção ativa dos cinco sentidos, trazendo ao momento atual a prática e a experimentação daqueles sábios, alguns versados e muitos autodidatas, desta maneira o resgate da milenar Acupuntura e suas variáveis com todo seu potencial, mostrando que pode ser milenar e atual ao mesmo tempo.

O primeiro resgate que faremos é a observação da Pulsologia de Nogier: "Pulsologia de Nogier que considera o pulso como um todo, podendo ser sentida através do toque com dois ou três dedos ou, ainda com o polegar até encontrar alterações QUANTITATIVAS aumento ou diminuição do NÚMERO de batimentos. O que de fato buscamos e detectar alterações qualitativas, ou seja, a intensidade maior ou menor da percepção da pulsação, percebendo-se imediatamente um sinal no pulso como se fosse uma "onda" que pode ser percebida no seu ápice (como um "tranco" na pulsação, ou em seu declínio, como uma súbita "sumida" do pulso) essa sensação dura cerca de um segundo"(Comunidade de Estudos Avançados em Terapia Holística) que serve para localizar pontos de alarme na acupuntura ou desequilíbrios pontuais em zonas reflexológicas, assim como na orelha, pé e mãos.

Como seres rítmicos, cópia do universo temos a pulsação em determinados pontos: pés, pulso do lado do polegar, pescoço na jugular, sendo estes os principais para nossa arte.

Estaremos analisando o universo energético dos doze meridianos ou condutores de energia que possuem locais fixos para avisar seu desequilíbrio e que nos permite pelo toque e a sensibilidade detectar esse ponto de alarme em conjunto com vibração energética do cliente. Encontraremos linha meridiana e bilateral, esses pontos os percebemos como pequenas cavidades, ou como mini-elevações.

Segundo o israelense Moshe Feldenkrais "Os movimentos aperfeiçoam simultaneamente os planos das sensações e das emoções, a correção do movimento é, segundo ele a melhor via, porque o movimento está na base da tomada de consciência"

DANÇA DO UNIVERSO: Os movimentos de inspiração e expiração somados aos ritmos dos "Cinco Movimentos Chineses" desenvolvem a harmonia de todos os corpos (físico, mental, emocional, espiritual) o que trás a nossa consciência, de que somos cópia do universo físico e espiritual, tornando-nos assim... eternos.
Última atualização:
2007-05-30 11:08
Autor: :
SINTE SINDICATO DOS TERAPEUTAS
Revisão:
1.0
Avaliaçãoo mídia: 3.86 (7 Votos)

Não pode comentar este artigo

Chuck Norris has counted to infinity. Twice.

Registros nesta categoria

Tags