Terapêutica Samkhya, Samkhya Sparsha e Samkhya Sádhana: terapia corporal e vivência terapêutica na linha indiana
Holística 2005


Terapêutica Samkhya, Samkhya Sparsha e Samkhya Sádhana: terapia corporal e vivência terapêutica na linha indiana
Holística 2005

Eliana Aparecida Lopes Ventura
Terapeuta Holística - CRT 39955

Colaborada à época da fundação do SINTE - Sindicato dos Terapeutas, ministrou palestras sobre ética, legislação e contabilidade para Terapeutas Holísticos.
Durante anos, atuou como Gerente do Ashram - Centro de Estudos da Arte e Filosofia da Índia Antiga (SP), e como Assistente no Curso para Formação de Terapeuta Samkhya e Preletora nas Técnicas de Samkhya Sparsha e Samkhya Sádhana.
Atualmente, exerce e ensina a Terapêutica Samkhya, predominantemente em SC, Balneário Camboriú, onde estabeleceu-se já há 8 anos.

Resumo

 


Material e Metodologia
Todo o material e metodologia da Terapêutica Samkhya foi desenvolvido pelo estudioso das culturas orientais, Levi Leonel e divulgado através de cursos e palestras ministrados por ele ou pelos seus preletores em diversas cidades.

O Samkhya é uma filosofia vinda da Índia Antiga, do mesmo berço do Tantra e do Yôga, traduzida para os nossos tempos como técnicas terapêuticas pelo filósofo, as técnicas da Terapêutica Samkhya tem por objetivo a redistribuição da energia kundalínica, através de exercícios físicos, respiração, mantram, relaxamento, toques corporais, aromaterapia, cromoterapia, orientação filosófico existencial, entre outras.



Samkhya significa inventariado, Sparsha significa toque, através do toque é possível fazer uma leitura, ou seja, um inventário, localizando a energia congestionada, que além de causar desconforto corporal e existencial, cria um ambiente propício para adoecimentos.



Através das técnicas da Terapêutica Samkhya é possível em termos energéticos fazer o caminho inverso do desequilíbrio, justamente com a redistribuição da energia e alinhamento dos chakras, obtendo-se resultados visíveis e quase imediatos.



Para entender melhor a Terapêutica Samkhya, é necessário ter um conhecimento básico sobre chakras e energia kundalínica, que será apresentado a seguir numa linguagem de fácil entendimento, mesmo para quem nunca teve contato com a linha indiana.



Energia kundalínica


É a energia vital que num corpo saudável está fluindo normalmente, como uma água corrente num rio, assim como a água corrente é saudável, a energia congestionada torna-se adoecedora, da mesma forma que a água "parada" pode ser causadora de diversos males.



É importante salientar que a energia kundalínica é a própria energia sexual, de libido, ou seja, energia de vida, sem o "fogo" sexual não há vida, quando a pessoa morre o corpo literalmente "esfria".





Chakras



Os chakras são centros de energia do corpo, vórtices de energia, girando no sentido horário ou anti-horário, dependendo de sua localização no homem ou na mulher. São eles:



Muladhara Chakra – é o chakra básico sexual, localizado na região sexual, gira no sentido horário no homem e anti-horário na mulher.



Svaddhisthana Chakra – é o chakra energético, localizado na região do abdômen, mais precisamente 4 dedos abaixo do umbigo, gira no sentido anti-horário no homem e horário na mulher.



Manipura Chakra – também chamado de plexo solar, localizado na região do estômago, gira no sentido horário no homem e anti-horário na mulher.



Anáhata Chakra – chakra cardíaco ou afetivo, localizado no centro do peito, gira no sentido anti-horário no homem e horário na mulher.



Vishsuddha Chakra – chakra cognitivo, localizado na região da garganta, gira no sentido horário no homem e anti-horário na mulher.



Ájña Chakra – chakra filosofal, localizado no centro da testa, gira no sentido anti-horário no homem e horário na mulher.



A energia dos chakras deve estar em equilíbrio, o excesso ou a falta de energia significa que aquele chakra não está alinhado e conseqüentemente causando distúrbios naquela localização e muitas vezes afetando outros chakras. A Terapêutica Samkhya utiliza diversas técnicas para estimular e descongestionar a energia, são elas:



Samkhya Gandha – aromaterapia, através de incensos, óleo para terapia corporal, óleo para banho áurico e perfume para os sete chakras (saptachakra).



Os aromas utilizados são: violeta para o Manipura Chakra , rosas ou jasmim para o Svaddhisthana Chakra, alfazema ou mirra para o Anáhata Chakra, arpeje ou musk para o Muladhara Chakra, verbena para o Vishsuddha Chakra, e flor de acácia para o Ájña Chakra.



Samkhya Surya – cromoestimulação, são utilizadas as cores específicas de cada chakra:



Muladhara Chakra – cor vermelha



Svaddhisthana Chakra – cor laranja



Manipura Chakra – cor amarela



Anáhata Chakra – cor verde.



Vishsuddha Chakra – cor azul



Ájña Chakra – índigo



Pujá – reverência feita com toque de sinos, objetivando o contato com a egrégora do Samkhya, realizado no início e no fim de cada sessão de Sparsha ou vivência de Sádhana.



Pranayamas – exercícios de respiração, utilizados antes e durante as sessões de Sparsha e durante a realização dos mudrás nas vivências de Sádhana.



Mudrás – exercícios corporais parecidos com os movimentos do Yôga, realizados especificamente para cada chakra com objetivos terapêuticos.



Leelas – jogos sensoriais para ressensibilização energética



Nidrá – sono induzido, proporcionando relaxamento ao final das vivências



Hamsa Hasta – dança ritualística com movimentos de arte marcial e com resultados terapêuticos. Quando realizado bem devagar trabalha todo o sistema nervoso, se realizado bem rapidamente trabalha todo o sistema endócrino, realizado com força, trabalha todo o sistema muscular.



O Hamsa Hasta é parte integrante do Sádhana e acaba sendo um exercício completo com resultados benéficos para o corpo todo.



Rakta Mudrá – é a seqüência de toques do Sparsha, a energia é conduzida por um caminho específico através dos chakras, começando pelo chakra básico e finalizando no chakra filosofal. No rakta mudrá realiza-se o giro dos chakras, desbloqueio e estimulação da energia congestionada através da digitopuntura, tamborilamento, deslizamento com toque suave porém firme, sempre em direção às extremidades.



Mantram – têm o poder de "libertar" a mente através do som, existem mantram específicos cuja vibração sonora atua diretamente nos chakras, são utilizados durante o Sádhana ou ao final do Sparsha.



Muladhara Chakra – OM LAM



Svaddhisthana Chakra – OM VAM



Manipura Chakra – OM RAM



Anáhata Chakra – OM YAM



Vishsuddha Chakra – OM HAM



Ájña Chakra – OM HAM OM KSHAM



Seguindo a egrégora da Terapêutica Samkhya, tanto o Sparsha como o Sádhana é realizado no chão, com o uso apenas de colchonetes, lençol limpo e de preferência claro, podendo ser utilizado um lençol ou uma manta para cobrir o cliente nos dias mais frios.

O local deve ser calmo e tranqüilo, num ambiente aconchegante, com uma música relaxante num tom baixo e agradável, são utilizados velas, incensos e óleos seguindo os princípios da aromaterapia (Gandha) e luzes coloridas de acordo com o Surya Samkhya.

É recomendado a presença de elementos que lembram a linha indiana, como quadros e estatuetas de Shiva ou Ganesha, japamala e um sino tibetano para a realização dos pujas.







Resultados

Ao se aplicar a Terapêutica Samkhya, trabalha-se com a energia do cliente, levando-o a um maior conhecimento de si mesmo, possibilitando uma orientação filosófica existencial a partir das informações obtidas no próprio trabalho.

Discussão
Algumas pessoas não estão preparadas ou simplesmente não querem ser "tocadas", de modo que quando suas dores são "descobertas" elas literalmente fogem do tratamento, neste caso devemos respeitar a vontade do cliente, deixando-o totalmente livre, afinal como diz numa música "a dor é sua e de mais ninguém (...)".

Conclusão

O ser humano é uno com o universo, a Terapêutica Samkhya proporciona o contato com esta energia primeira, tal como filho da própria mãe natureza, uma vez sentindo o fluir da própria energia e esta onitude com o universo, a pessoa se torna muito mais capaz de fazer valer a sua vontade de viver, melhora a sua força e coragem, melhora o seu contato com o mundo, deixa fluir suas emoções sendo capaz de expressá-las e principalmente toma consciência de si mesmo. Este é o gráfico de alinhamento dos chakras, conseqüentemente o caminho para uma vida saudável, feliz e de realização pessoal.

Referências bibliográficas
LEONEL, LEVI. Energia Vital, Editora Roca

Copyright © por SINTE - Sindicato dos Terapeutas Todos os direitos reservados.



Neste trabalho a Terapêutica Samkhya é apresentada de forma simples e objetiva, com explicação das técnicas e dos termos indianos utilizados, de modo a facilitar o entendimento e conseqüente resgate desta sabedoria milenar.

Introdução

Na visão da Terapêutica Samkhya, o corpo é o inconsciente, sabe tudo sobre o indivíduo, pois ali mesmo ele passou e "sentiu" todos os momentos de sua vida. Através das técnicas da Terapêutica Samkhya é possível entrar em contato com toda essa informação e utilizá-la de modo a proporcionar um comportamento mais saudável em relação a si mesmo e o mundo à sua volta.
Última atualização:
2007-05-30 10:56
Autor: :
SINTE SINDICATO DOS TERAPEUTAS
Revisão:
1.0
Avaliaçãoo mídia: 4.4 (5 Votos)

Não pode comentar este artigo

Chuck Norris has counted to infinity. Twice.

Registros nesta categoria

Tags