A BUSCA DA TRANSFORMAÇÃO ATRAVÉS DA TERAPIA HOLÍSTICA
Holística 2005


A BUSCA DA TRANSFORMAÇÃO ATRAVÉS DA TERAPIA HOLÍSTICA
Holística 2005

Jerônimo Moreira de Oliveira

Terapeuta Holístico - CRT 37494

1.0. Sumário




2.0. Resumo


Os questionamentos são freqüentes e difusos. Na realidade queremos provar que nossos paradigmas estão certos, que nossas verdades são absolutas. É muito difícil mudar, principalmente quando chegamos a uma certa idade, porque neste caso a exigência de qualidade e a eficiência tornam-se níveis altos. Assim o melhor é respeitar o tempo do nosso semelhante.

Na busca da transformação através da terapia holística chegamos ao PED: Ponto de Equilíbrio Dinâmico entre as pessoas, tecnologia e os processos, tornando-se estável na certeza de alcançar o nível da sabedoria, que dentro desta TERAPIA TRANSPESSOAL enxerga-se uma decisão, tendo como ferramenta terapêutica a PLN-Programa em Linguagem Natural e dinâmicas psicoterapêuticas.




3.0. Introdução

A terapia holística tem uma visão do fenômeno privado estendido ao fenômeno coletivo. Não vamos tentar reinventar o fenômeno coletivo e, sim, partir do pressuposto de que estas confrontações tiveram seus momentos de seriedade, pesquisas e respeito para com os indivíduos envolvidos no processo da descoberta, o respeitar a freqüência de entendimento do outro, a empatia: colocar-se no lugar de..., faz a diferença para si e para a coletividade.

Caminhos para o êxito na terapia holística:


4.0.Material e Metodologia do trabalho


Com a vaidade de ser um terapeuta, quis investir no mundo terapêutico na tentativa de minimizar o sofrimento do ser humano.
O ser humano é muito criativo, porque pensa! Em minhas reflexões, com um grande privilégio, porque com a velocidade eletrônica deste nosso século, consigo, deixar algumas horas para refletir, trabalhar, sonhar, ser feliz, amar e principalmente escrever, método que encontrei para registrar a minha existência.
Embora tenho uma frustração de não inventar nada e sim copiar tudo, mas este copiar, é mais gratificante, pois não sofremos tanto quanto aqueles que sofreram para deixar provado que suas verdades tiveram resultados.

A Ciência que estuda os fenômenos naturais é a Física.
Pela terapia quântica, a nossa própria existência com suas peculiaridades, probabilidades, e interrogações são variáveis determinadas).Sei que é necessário encontrar e determinar as variáveis, para termos o total controle, característica inerente do ser humano-controlador’.

A terapia holística surgiu deste mundo de questionamentos e do empirismo da Física.

A Busca da Transformação com a Terapia Holística é toda experimentada pelo CDTV: Ciclo da Dinâmica Terapêutica Vivencial. São várias dinâmicas: individual e em grupo, com um enfoque totalmente holístico dentro da ontologia do Ser: ‘faz parte de’ ou ‘é’. A gestão do conhecimento está fundamentada dentro da Terapia Transpessoal e Cognitiva, Física Quântica e a Engenharia do Comportamento. O único material que se necessita nesta terapia é a gestão do conhecimento e o Ciclo Vivencial de cada ser humano, expressado na concepção descrita abaixo:

Utilizamos o Programa de Linguagem Natural para a terapia cognitiva holística, porque o ser humano é o elemento que compõe o Modelo PED: Ponto de Equilíbrio Dinâmico entre as Pessoas, Tecnologia e Processos, buscando a excelência na qualidade de vida emocional e física.


As Dinâmicas quânticas estão orientadas segundo o seguinte simbolismo:


O espelho neste momento pode-se identificar, é o reflexo do ‘seu eu’ que produz uma imagem chamada na terapia oriental de ‘imagem refletida’. É a saúde através do equilíbrio corpo-mente. O esquema da reflexão é descrito através da seguinte metodologia:

Histórico: Na Terapia Transpessoal trabalha fazendo analogia com a natureza, coloca a árvore como uma orientação do sistema terapêutico oriental, eles crêem que existe a dualidade equilíbrio desequilíbrio, quando um está ativo o outro está inativo e vice-versa. No sistema terapêutico acredita que mesmo estando fisicamente equilibrados ou não basicamente todos nós podemos ser considerados em constante desequilíbrio. O desequilíbrio pode não estar se manifestando, mas está presente em contra partida com o equilíbrio, mas inativo, está na homeostase.

Neste sistema há dois fatores que são refletidos, o agente que buscamos solucionar:- corpo desequilibrado ou em desarmonia. Em primeiro plano, podemos distinguir as causas que refletem através do espelho, e condições que podem ser gerais ou específicas.

No sistema ocidental ataca-se o reflexo (as terapias são realizadas, os métodos são desenvolvidos e praticados sem a preocupação de em quais e/ou qual condição surgiu aquele reflexo no espelho que é a causa). O sistema terapêutico trabalha com o objeto-corpo e com a imagem que é a alma (mente). Faz-se um paralelo entre o sistema ocidental e o sistema oriental.

Terapia do Equilíbrio: É como se aplicasse terapia da subida em uma montanha – um rapel diário.

Início:
Nesta terapia podemos trabalhar com as quatro características mobilizadoras de ser humano que busca o seu centro de equilíbrio dinâmico, como Metas; Persistência, Planejamento e Compromisso:
Em METAS é o querer, elas necessitam ser SMARTS (Especificidade/Mensurado/Alcançável/Realizável/Temporal/Satisfação Pessoal) para subir a montanha com os objetivos desafiantes e específicos; conseguindo mensurar os objetivos (medir com valores financeiro ou pessoal) para alcançar e realizar o que foi planejado; após definir um período de curto, médio e longo prazo, para que as metas sejam cumpridas; as metas e objetivos têm significado pessoal.
No segundo momento da escalada tem-se a PERSISTÊNCIA para obter a agudeza mental para agir diante de um obstáculo para realizar as tarefas rotineiras rápidas e corretamente.

Quando não der certo por uma direção então, mude de estratégia, principalmente quando perceber que está agindo repetidamente sem resultados positivos. Com a capacidade de análise, assumir a responsabilidade pessoal enquanto analisa o problema, estabelecendo relações lógicas e objetivas, assim como estrutura a informação que às vezes resulta ser caótica (confusa)
No terceiro momento, utiliza-se da ferramenta o PLANEJAMENTO, dividindo as tarefas de grande porte em subtarefas com prazos definidos.
Monitora a agenda constantemente para revisar os planos, levando em conta os resultados obtidos, para conseguir se necessário as mudanças circunstanciais. Estes registros mantêm sempre o equilíbrio pessoal (agenda) e profissional em dia e utiliza-os para tomar decisões assertivas.
No quarto processo é o momento do COMPROMETIMENTO, através da percepção pode fazer um sacrifício pessoal, ou despender de um esforço além das suas capacidades para completar alguma tarefa e/ou promessa que tenha feito. Pois assim estará em colaboração/integração com os colegas até mesmo oferecendo para substituí-lo quando necessário. Estará participando com uma exigência na qualidade e eficiência, assim sendo desenvolve ou utiliza-se de procedimentos que asseguram a você de que o trabalho/compromisso seja terminado a tempo e/ou que o trabalho/compromisso atenda as exigências da qualidade e eficácia previamente combinadas no termo de compromisso moral e/ou verbal e/ou por escrito.

Fim:
Dado que a mente, o espírito e o corpo é uma unidade, vejo no espelho da consciência, como os orientais vêem, que todas as características humanas, sejam emocionais, intelectuais ou espirituais, têm seu órgão físico correspondente.


5.0. Discussão e Conclusão:
A discussão apresentada nas referências está sendo instigante no âmbito nacional e internacional através das conferências e seminários desenvolvidos na Europa, América Latina e em Goiânia: principalmente na comunidade ucegeana respeitando a DINÂMICA DA VIDA: BIORRITMOS.

Existem pessoas que gostam de falar de fenômenos naturais e extra-sensoriais, sem uma informação mesmo que superficial sobre fenômenos extra-sensoriais, daí a diversidade de idéias e pensamentos entre os homens. Assim para uma compreensão mais ampla do homem, os ensinamentos devem ser modelados. Talvez possamos ficar em sintonia com outros pesquisadores e com a vida, porque ela é um fenômeno natural. O que é desconhecido dos homens, das leis, do mecanicismo, do quântico, dos processos, é que os catalogam como tais sem perceberem os usuários desses termos que estes registros são os rótulos que pregam nos fenômenos, quando deveriam pregar em si mesmos. A ciência evolui quando o cientista evolui em paralelo. Há muita coisa tida como sobrenatural, mas com certeza não o é, ela (a coisa) é natural, quando ela é levada para o campo do conhecimento do acadêmico. A origem está na própria pessoa através de sua filosofia; como o ser humano vive tão desconhecido de si mesmo, que é de se admirar como consegue viver lastimando, como se o que passou juntamente com as lástimas resolvesse o problema modelado em seu mapa mental.

"A felicidade do ser humano está em poder de sua própria escolha, ou seja, praticar o livre arbítrio".
Com o seguinte sistema simbólico conclui-se que:


No caso do sistema simbólico não se deve estar preso ao certo/errado, principalmente quanto ao símbolo. Se o símbolo é totalmente real; daqui pode-se tirar o censo comum ou não. Neste caso não se aplica o certo ou errado.
Para justificar o exposto, passa-se para a ‘Cosmovisão Quântica"


6.0.Referencias Bibliográficas:

Oliveira, J. M. (2002). Gestión del Conocimiento, Información y Aprendizagen formando los Recursos Humanos en las Organizaciones. Tesis Doctoral. Universidad de Murcia, España.
Adrian, E.D. (1946). The physiological background of perception, Clarendon Press, Oxford.
Oliveira,J.Moreira.(2000).Engenharia do Comportamento Empreendedor, Revista Melhor (2001). Vida & Trabalho, São Paulo, mar., pp.53 –63, ISSN 1518-2150.
Oliveira,J.Moreira. (2004).Páginas Soltas!Vida de Projeto ou Projeto de Vida, Ed. UCG, Goiânia, Brasil. ISSN 85-7103-197.
Oliveira, J.M. (2005). O que vejo no espelho: uma visão pragmática de psicologia transpessoal, Ed. UCG, 2005, Goiânia, 1ª. Edição.

Copyright © por SINTE - Sindicato dos Terapeutas Todos os direitos reservados



1.0.Sumário: Conteúdo da palestra

2.0.Resumo: Visão holística do trabalho

3.0.Introdução: O caminho/processos que conduzem ao êxito

4.0.Material e Desenvolvimento do trabalho: Gestão do conhecimento/Pessoas e Metodologia aplicada

5.0.Discussão e Conclusão: Linhas futuras e aplicação da metodologia PED e resultados obtidos, não no cunho racional mas no emocional (quântico)

6.0.Referências bibliográficas
Última atualização:
2007-05-30 10:50
Autor: :
SINTE SINDICATO DOS TERAPEUTAS
Revisão:
1.0
Avaliaçãoo mídia: 4 (4 Votos)

Não pode comentar este artigo

Chuck Norris has counted to infinity. Twice.

Registros nesta categoria

Tags