Afinal, o que é Marketing ?


Afinal, o que é Marketing ?

MARKETING é a ARTE

de atrair, conquistar, manter e encantar Clientes...

Assim como a própria ADMINISTRAÇÃO, Marketing é muito mais ARTE do que CIÊNCIA. Na música, na pintura, na dança, cada obra é única e impossível de "sintetizar" mediante equações matemáticas ou metodologias de repetição laboratoriais. Inexiste "fórmulas prontas" a serem aplicadas em Marketing (aliás, igualmente na Terapia Holística...), contudo, assim como na ARTE, podemos estudar as TÉCNICAS, além de aprender com os grandes mestres e estudo de casos.

Claro, existe definições clássicas:

"Marketing é um processo social e gerencial pelo qual indivíduos e grupos obtêm o que necessitam e desejam através da criação, oferta e troca de produtos de valor com outros." - Philip Kotler

"Marketing é o processo de planejamento e execução do conceito, preço, comunicação e distribuição de idéias, bens e serviços, de modo a criar trocas que satisfaçam objetivos individuais e organizacionais." - Gary J.Bamossy e Richard J. Semenick

Pelo menos em um ponto, todos os autores concordam: MARKETING é focar o trabalho sempre sob o ponto de vista do Cliente, inclusive, superando suas expectativas. Claro, a ÉTICA é fundamental ao VERDADEIRO e bem-sucedido Marketing, impondo os necessários limites. Afinal, de nada adianta afirmar algo simplesmente para agradar aos Clientes, se na prática, não corresponder à verdade, ou afastar-se do resultado final pretendido, ou, ainda, se o "preço" de atingir-se o objetivo contratado prejudicar outros fatores . Por exemplo, propagandear que alguém vai conquistar a sua forma ideal, sem esforço algum e em pouco tempo, apenas submetendo-se a alguns procedimentos de consultório, talvez atraia Clientes. Contudo, quando a prática mostrar ausência de bons resultados, obviamente não vai conquistar, muito menos, manter e tão pouco, encantar Clientes, que no mínimo, desaparecerão, pois bem poderiam procurar um órgão de defesa do consumidor e denunciar a "propaganda enganosa".

Graças à visão HOLÍSTICA de mundo, hoje devemos ir além do conceito de "pensar e agir sob o ponto de vista do Cliente". Mais do que simplesmente agradá-lo, temos que atuar pelo BEM-ESTAR do mesmo e da sociedade, pois, pelo menos em consultório, nem sempre o Cliente tem razão. Imagine alguém desejando diminuir seu peso... Podemos atingir este objetivo, até, quem sabe, ir além de suas expectativas quantitativas de kilogramas a se desvencilhar... E ter um Cliente satisfeito, inclusive, divulgando positivamente nosso trabalho... Contudo, se tamanhos resultados forem obtidos às custas da saúde global de nosso Cliente, teremos falhado como TERAPEUTAS HOLÍSTICOS, como "marketeiros" e como pessoas. Sem ÉTICA é impossível praticar o Marketing verdadeiro. Talvez devêssemos chamar essas distorções de "marketagem" ou "marketice", que felizmente terão vida curta nestes novos tempos. Os Clientes estão cada vez mais bem-informados e conscientes de seus direitos e aplicam a mais implacável e eficiente justiça: a "lei de mercado", graças à qual, os bons profissionais tem tudo para prosperar !

Última atualização:
2007-06-27 13:30
Autor: :
SINTE SINDICATO DOS TERAPEUTAS
Revisão:
1.0
Avaliaçãoo mídia: 4.71 (7 Votos)

Não pode comentar este artigo

Chuck Norris has counted to infinity. Twice.