REGRESSÃO DE MEMÓRIAS E TERAPIA DE VIVÊNCIAS PASSADAS


REGRESSÃO DE MEMÓRIAS E TERAPIA DE VIVÊNCIAS PASSADAS

VIDA – TRABALHO - RELACIONAMENTO

Nelson Zuniga

CRT 34429

Terapeuta Holístico

www.zuniga.terapiaholistica.net 

Apresentação

Regressão de Memórias e Terapia de Vivências Passadas são técnicas que em Terapia Holística contribuem para descobrir as origens vivenciadas dos problemas ou da felicidade.

Descobrir as vivências passadas recentes, adolescência, enquanto criança ou na gestação é o que chamamos de Regressão de Memórias, e caberá ao cliente a interpretação segundo as próprias crenças e religiosidade. O Terapeuta Holístico assume a condição de moderador baseado na experiência, sabedoria e conhecimento permitindo assim fluir o livre arbítrio do cliente.

 

Só que para fazer estas viagens é necessário encontrar a paz, diminuir o estresse, desenvolver harmonia. Fortalecer a auto-estima e o auto-respeito.

A Terapia de Vivências Passadas tem início quando já foram superadas as etapas anteriores e é, neste momento, que esta técnica traz resultados para a melhoria da qualidade de vida, profissão ou relacionamento.

A Hipnose e o estado Alfa são necessários para entrar num processo de sono e vigília, onde cliente e terapeuta interagem neste estado.

Conta muito à experiência e o domínio absoluto de várias técnicas em terapia holística, para aconselhar as infinitas situações que aparecem.

A Regressão de Memórias, Terapia de Vivências Passadas, Hipnose, Meditação e Viagens Astrais; estão envolvidas pelo medo, falta de informação correta e muitas vezes pela banalização destas excelentes ferramentas.

A Radiestesia e Radiônica têm a função de detectar energias, amplificá-las, neutralizá-las ou corrigi-las, se necessário.

O ser humano como um ser simbólico, utiliza muitas figuras, como linguagem universal para se comunicar. Estas aparecem no cotidiano através da sincronicidade, dos sonhos ou induzidos.

Temos que cuidar com carinho do corpo físico, sem esquecer do corpo mental, emocional, identidade/espiritual e energético.

O maior desafio dos seres humanos que confiam nesta arte, é harmonizar a própria vida, a profissão e seus relacionamentos.

A união da Regressão de Memórias, Terapia de Vivências Passadas, Radiestesia e Radiônica e Análise Simbólica, resultaram numa terapia individual e única com excelentes resultados a curto prazo, ganhando a confiança e a fidelidade do cliente que retorna para lapidações, harmonização, energização de seus cinco corpos, profissão ou relacionamentos.

É cada vez maior o número de pessoas que desejam conhecer suas próprias vivências, para entender de onde vem, onde está e qual e a razão da sua existência. 

Todo ser humano se preocupa com o equilíbrio da sua vida física, que fica relegada ao temperamento hereditário, aprendizado, meio ambiente, relacionamento, religiosidade, identidade e a própria individualidade. 

Este conjunto de energias e aprendizados influencia diretamente a profissão, determinantes de fracasso ou de sucesso. 

Os relacionamentos não estão separados das energias anteriores e será resultado de apatia, tristeza ou de alegria. 

Este desafio nos leva a refletir sobre o momento atual da humanidade e das nossas atitudes para com o indivíduo, comunidade e meio ambiente. Estes espelhos do universo refletem com intensidade o equivalente nas manifestações físicas e psíquicas do planeta, mas para consertar este, temos primeiro que consertar a nós mesmos. 

Introdução 

Memórias: (Faculdade de reter idéias, impressões e conhecimentos adquiridos, lembranças, recordações, reminiscência. Vivência: Existência, vida, modo hábitos de vida, sentir. Dicionário de Português – Edições poliglota). A retenção de impressões se processa em vários níveis que o Ser Humano costuma ver como um só e integral. Em termos holísticos separamos em Cinco Corpos, Cinco Movimentos, Quatro Elementos, Sete Chakras para depois uni-los. 

A Regressão de Memórias vai interagir nessas experiências adquiridas conscientes ou não, com a finalidade se assim o cliente permitir, redirecionar a ação vibratória registrada em reminiscências ou vivências. 

Estas vibrações determinarão influências marcantes no desempenho de vida, trabalho e principalmente no relacionamento. 

Os Cinco Corpos, Dentro de todo ser humano existem um historiador e um poeta, (razão & emoção) que relatam sua vida com detalhes e acontecimentos que até então não faziam sentido encobrindo muitas vezes a possibilidade de abrir caminhos. Para explicar melhor esta proposta, falarei em termos de energia emanada, recebida e impregnada em cada corpo. 

Corpo Físico, ele reflete o mapa atual e de vidas passadas, naturalmente tentaremos buscar uma definição racional para determinado problema com profissionais competentes, mas na impossibilidade de respostas, recorreremos a perguntas energéticas. 

Perguntas energéticas são detectadas com alto índice de acertos, através da Radiestesia e Radiônica que desenvolverá gráficos especialmente criados para cada tipo de questionamento. Neste corpo com seus cinco sentidos, são vivenciadas todas as experiências de aprendizado. 

Corpo Mental, a energia do pensamento uma fonte poderosa de radiação energética que destrói, neutraliza ou constrói. Algumas pessoas têm uma defesa natural e outras precisam desenvolver estes escudos invisíveis muito necessários para o crescimento e desenvolvimento do ser humano. 

Corpo Emocional, ele é o centro de equilíbrio dos cinco corpos, nele atuam as energias herdadas de todos os ancestrais diretos, do meio ambiente, relacionamentos e as negociações com a vida. 

Corpo da Identidade ou Espiritual, este corpo pode ser visto por várias facetas: como Corpo da Identidade fica issento de crença e religiosidade usando a capacidade e o livre arbítrio para direcionar sua vida. Já do ponto de vista espiritual são inúmeras as opções, uma delas são as energias de aprendizado astrológico, dando em cada um a oportunidade de interpretar se assim o desejar e fazer sentido para efetuar mudanças, desenvolvimento e crescimento. 

Corpo Energético, este corpo intangível cresce e desenvolve com as energias de equilíbrio de todos os outros corpos de acordo a qualidade e quantidade de energia recebida. 

Este corpo quando energizado corretamente tem um crescimento tal que pode se desdobrar dando vida a um novo corpo de energia. 

Influências possíveis ancoradas nos cinco corpos 

Memórias de medo: Alguns clientes consultam por causa dos medos de nadar, e tremem com água acima do joelho, isto é comum e primeiro devemos descobrir como foi a interação com o precioso líquido, também alguns adultos manipulam pelo temor as crianças para que não cheguem perto de  águas perigosas, ancorando na memória da vivência, ações que não fazem parte das próprias experiências, assim se desdobram inúmeras situações a serem vivenciadas e transformadas a partir do cliente.

Memórias com animais peçonhentos: Hoje sabemos que qualquer inseto por simples que seja tem a capacidade de afetar-nos seriamente, então é natural a aversão a barata, pernilongo, mosca, escorpião, borboleta, etc. Em Terapia de Vivências Passadas, encontramos, pessoas que tiveram vivências dramáticas lutando pela vida, e quando isso acontece o cliente consegue discernir corretamente sobre o acontecido solucionando essa âncora energética.  

Memórias de altura: Quem não se lembra de ver ou ser levado sentado de cavalinho nos ombros do pai ou da mãe, é uma sensação gostosa e agradável. O sentido de altura para outras pessoas está relacionado à insegurança, quedas reais já acontecidas e, que se encontram fixadas na memória de alguns dos cinco corpos. 

Memória alimentar: Uma cliente sadia com apetite insaciável, numa vivência sente a dor da inanição, pedindo a vida, que nunca mais a deixe passar fome, o fato de ela conhecer essa parte traumática, a fez compreender que nesta vida, isso seria impossível de acontecer por ser atualmente dona de um bem sucedido mercado de alimentos. 

Memória de vícios: Aqui se entrelaçam vários fatores, o que torna a mais difícil das terapias, envolvendo os Sete Chakras, Cinco Movimentos, Cinco Corpos e os Quatro elementos. Os desequilíbrios em cada uma destas técnicas promoverão sensação energética da enbriaguês ou do estado alterado de consciência de forma artificial induzindo a fuga. 

Memória de vida: Experiências traumáticas e ferimentos em vidas passadas são a causa de inúmeras emoções não compreendidas na atualidade de muitas pessoas. Estas experiências ancoradas na emoção se manifestam na maioria dos casos indiretamente, exemplo: um cliente canhoto que foi obrigado pelos pais a fazer tudo como se fosse destro. Em Terapia de Vivência Passada, havia perdido a mão direita e, esta descoberta o libertou para ser ele mesmo nesta vida. 

Memória profissional: As profissões e atividades exercidas pelo homem ou pela mulher no passado têm uma relação com pensamentos, sentimentos e atitudes de vivências passadas, conectando-se a vivência atual. Exemplo: numa Regressão de Memórias e Terapia de Vivências Passadas a pessoa vivenceu um padre que foi queimado numa fogueira junto a pessoas que ajudou e que foram julgadas como praticantes de bruxaria. Esta vivência desenvolveu outras atitudes de crescimento e desenvolvimento a este profissional que exerce a profissão de Terapeuta Holístico. 

Memória de relacionamentos: Relacionamentos oh, os relacionamentos! Auto sentencias: Te amarei por toda uma eternidade. Nunca mais amarei ninguém. Homem presta. Nenhuma mulher merece meu amor. Você não presta (será que os outros prestam? Então vou buscar nos outros) Por isso, que quando se fala, vê, ouve e sente uma sentença, se deve ter muito cuidado em aceitá-la ou não, exemplo: se eu falo "vocês sabem? Estou feliz, em paz, e sentindo-me realizado ao preparar esta palestra" a frase "vocês sabem?" obriga ao interlocutor a puxar o arquivo saber a questão, neste caso o arquivo solicitado é de conteúdo positivo e você aceita. Caso contrário, numa mensagem negativa, fale "Eu não sei!". 

Na memória dos relacionamentos, geralmente se culpa o outro e dificilmente se pega um espelho para se ver a si mesmo. Isto faz parte de uma das terapias que está baseada naquele conto oriental: (quando era jovem queria mudar os outros, quando fiquei adulto quis mudar as pessoas que me rodeavam, e agora que estou velho apenas desejo mudar a mim mesmo... É por onde deveria ter começado). 

Material e Metodologia – Definições 

Hipnose: Estado semelhante ao sono profundo e no qual  a pessoa age por sugestão (Dicionário de Português, Edições Poliglota – Melhoramento 2005). Como podemos perceber o livre arbítrio do cliente neste estado fica comprometido, isso não significa que não será utilizada esta técnica importante quando há reminiscências muito fortes, vai depender da flexibilidade do terapeuta. Assim direcionamos a pressão que essas lembranças exercem nas lembranças físicas e psíquicas.

Diminuir o estresse com o alinhamento dos Chakras: Alinhar, equilibrar e proteger os Chakras traz o benefício da redução do estresse. Se mentalizar o campo energético de cada um, de maneira ascendente e depois descendente irradiando energia para todos os meridianos e cinco corpos, teremos alcançado o primeiro passo para entrar em estado Alfa ou de relaxamento.

Vivemos num palco de muitos egos o que intoxica a clareza de pensamentos e o descanso, para fazer esta harmonização devemos pelo menos dormir bem, momento em que corpo mente e energias se expandem permitindo a limpeza e recuperação energética.

Sono e vigília: Costumo chamá-la de Terapia Alfa, porque permite interagir num diálogo único com a vivência do cliente. Neste roteiro individual existem interações com o universo, pessoas e consigo mesmo, tudo registrado e emergindo, porque para os registros energéticos não existe tempo nem espaço. 

Regressão de Memórias: Nas memórias da vida atual se acumulam inúmeras situações a partir da gestação, algumas serão recordadas outras não, sendo estas últimas as mais difíceis de descobrir até pelo mecanismo de defesa natural que temos. Assim o cliente descobrirá experiências vivenciadas na gestação, nascimento e desenvolvimento tendo uma nova compreensão da vida. 

Terapia de Vivências Passadas: Como podemos perceber para se chegar com qualidade e excelência a uma Terapia de Vivências Passadas, existem uns passos preliminares que requerem responsabilidade, experiência, pesquisa e profissionalismo. Acessar vivências passadas é fazer contato com o campo energético palco de um conjunto de aprendizados. 

Vivências com interferência astrológica: Perceberemos que a biografia energética é proporcional ao aprendizado.  Doze influências testarão as evoluções de cada ser humano ligadas às características negativas e positivas de cada símbolo astrológico. A virtude da astrologia e que nos mostra várias personalidades das quais podemos aprender.

 

As vinte e quatro energias contidas nos doze signos zodiacais têm um significado de força, influência ou uma virtude para fazer opções.   

Resultados 

O primeiro resultado acontece na interação cliente terapeuta, o cliente desenvolve a capacidade de analisar seus problemas e resolver-los tomando rédeas ou o timão da própria vida. O terapeuta aprende com cada ser humano que passa por seu consultório podendo algumas vezes ser histórias parecidas, mas nunca iguais.

Os resultados espontâneos e descritos por algúns clientes foram: aprendizado do relaxamento porque encontraram paz, diminuíram o estresse encontrando harmonia, neste estado veio à meditação que é a musculação dos sete chakras, dos cinco corpos aprendendo a se elevar e voltar fortalecidos dessa experiência. 

A limpeza energética feita através da radiestesia e a radiônica foi sentida como "tirar um peço da mochila". A regressão de memórias colocou novamente frente a "situações mal resolvidas ou de vivências felizes" podendo alterá-las ou degustá-las. 

Já a terapia de vivências passadas, permitiu a interação de vidas anteriores com o desenvolvimento atual, fazendo cair fichas decisivas para abertura de caminhos para a vida, profissão e relacionamento. 

Maria  

Trinta e quatro anos, bonita, inteligente, mestra e doutora, casa própria, carro do ano, feliz física e profissionalmente... Triste em relacionamentos. 

Após o relaxamento, meditação e purificação aúrica, descobrimos a forte influência da mãe com quem morava e que exercia uma forte influência sobre sua vida, além de menosprezar os homens porque ela teve poucos momentos de felicidade. 

Recomendei alguns Florais de Bach e na interação ela tomou a decisão de ter seu próprio apartamento e uma vida própria, coisa que aconteceu em poucas semanas, foi quando decidimos que era momento de uma Terapia de Vivências Passadas, Maria vivenciou no ano 500 dC maltrato por vários homens, posteriormente na Europa pós queda da bastilha, traída e abandonada "jurando que nunca mais amaria um homem na sua vida". Como estava sofrendo muito durante a regressão, lembrei a ela que isso é uma vivência, podendo agora apenas observar para tomar decisões. 

A "magia" da Regressão de Memórias e Terapia de Vivências Passadas e que podemos rever cenas, neutralizá-las e modificá-las linguisticamente, assim como o juramento que Maria fizera nessa vivência. 

Os dois eventos vivenciados e relatados por Maria tiveram uma forte influência energética que provocava o afastamento dos seus relacionamentos. 

Após esta vivência, passaram três meses de ausência ao consultório. Até que uma quarta feira ela retornou sem marcar hora, fiquei feliz de ver que o visual circunspeto de doutora, tinha dado passo ao visual da moda e escutei algo que já esperava e disse textualmente: "Encontrei o lírio que o senhor falou" (o lírio é a carta 30 do tarô de Lenormand, carta que previa junto com outras, essa mudança e o encontro de uma pessoa transparente e de boas intenções, se ela mudasse o script da vida atual). Hoje Maria e seu lírio vêm regularmente para harmonização individual e do casal. Tenho certeza que a próxima vivência da vida de Maria será a maternidade de uma Menina...

Discussão 

A Regressão de Memórias, Terapia de Vivências Passadas, Hipnose, Meditação e Viagens Astrais; estão envolvidas pelo medo, falta de informação correta e muitas vezes pela banalização destas ferramentas. 

Só vivenciando uma regressão de memórias e terapia de Vivências passadas, para poder dar uma definição correta dos estados de consciência descobertos e às conexões com as situações que nos interessam, trazendo soluções para os mais diversos problemas. 

A Regressão de Memórias atua sobre o processo de gestação e o momento atual, focando principalmente o aprendizado corporal, mental, emocional, identidade/espiritual e energético. 

A Terapia de Vivências Passadas é um complemento necessário quando os caminhos parecem que se fecharão na vida. Os insight e as vivências que aparecem fazem sentido para receber uma chave para fechar e abrir portas do livre arbítrio.

A Hipnose adotada neste trabalho é uma técnica que permite baixar a freqüência energética do cliente que o leva a um estado de sono e vigília, conhecida também como estado alfa. O curioso é que alguns clientes fazem questão de serem hipnotizados passando pelo processo de hipnose total, preferindo posteriormente a alfa-terapia.

A Meditação é uma parte importante deste trabalho que busca atingir não só o cliente, mas também o ser humano que está ávido de paz. Falar de meditação é falar de respiração, processo a ser reaprendido para equilibrar os cinco corpos.

A boa respiração permite equilibrar cada meridiano, corpo, chakra, jogando fora ressentimento, sapos engolidos, etc. Incorpora equilíbrio no pensamento, sentimento e atitudes.

As Viagens Astrais, esta ferramenta de planejamento só vai servir se soubermos aproveitar os ensinamentos do passado no presente, para projetá-los no futuro para não recriar os erros do passado e viajar até os níveis das conseqüências. 

Este conjunto de técnicas que fazem parte da busca de conhecimento do ser humano atual, de si mesmo e sua íntima relação com o meio ambiente e as percepções a respeito de seu papel no universo e o sentido da própria existência. 

Marcas físicas, intelectuais, morais, espirituais e energéticas. 

Gestação e nascimento é um processo energético para o ser que está sendo concebido, porque implica diretamente rejeição ou amor, estas duas vivências podem marcantes para o ser em desenvolvimento, aparecendo mais tarde na vida adulta.

Abandonar o estado de aconchego do útero vai ser um passo importante para as situações futuras, e de mudanças ao longo da vida.

Aprender a andar e falar por volta de um ano, possivelmente terá uma conexão profunda com a comunicação, cair e se levantar na vida. 

(Segundo Bernard Lievegoed em seu livro desvendando o crescimento editora Antroposófica. Refere-se a crises no encontro do eu, quando ao redor dos três anos e meio a criança deixa de falar o nenê não quer... fala até ríspido, Eu não quero). O entendimento e a compreensão deste momento são muito importantes, ela apenas está descobrindo que é, um ser único que precisa ser respeitado.  

Mesmo que a modernidade inclua as crianças no aprendizado com uma tenra idade, existe uma crise aos sete anos, onde percebemos pela primeira vez, que o mundo belo, às vezes se transforma em feio.

As imagens guardadas desta passagem aparecem com o peso de situações análogas no futuro, nem sempre compreendidas como remanescente de memórias ou de vivências. 

Na medida em que as crianças crescem aparecem os medos próprios, e os condicionados pelos adultos, controlando mais pelo medo, que pelo amor, os limites e os desafios para a vida podem ser colocados a partir da amamentação, para não ter que fazer correções quando adulto.

Nessa caminhada, nos defrontamos com a sexualidade, para algumas pessoas algo pecaminoso, para outras, parte integrante no desenvolvimento do ser humano, esta situação trará importantes informações para o cliente adulto em crise. 

Como podemos ver nesta discussão, os cinco corpos atuam com catalisadores de memórias e de vivências que liberam informações sem serem solicitadas, assim teremos, marcas físicas, intelectuais, morais, espirituais e energéticas. 

Conclusões 

Os processos de aprendizado

Efeito quebra-cabeça: os processos de aprendizado são reconhecidos apenas pelo caminho da instrução de maneira racional, com conceitos oferecidos e com aplicação prática valorizando o pensar, é um “quebra-cabeça” bem montado, só que quando falta uma peça esse ser humano entra em crise. 

Efeito Mosaico: Já no processo de aprendizado misto Racional e Vivencial uma grande parte da humanidade vê, escuta e sente as virtudes dos conceitos extraídos tanto pela experimentação autodidata e o descobrimento de novos caminhos. Aqui já não se é mais um quebra cabeças, se é um mosaico onde mesmo faltando alguma peça se produz um a organização natural e criativa, como na natureza. 

A instrução, experimentação e os estímulos recebidos pelos Sete Chakras, Cinco Corpos e Cinco Sentidos vão trazer um padrão de resposta, podendo ser um comportamento externo ou uma representação interna da vida, profissão ou relacionamento. 

As vivências marcantes na vida dependerão da intensidade e do local atingido em uma das tantas memórias e o momento específico de uma forte emoção. 

O procedimento para minimizar as condições adversas através da Terapia de Vivências Passadas, será encontrar as âncoras que seguram seu veículo físico ao navegar livremente pelo oceano da vida. 

Sonhar? Pensar? Sentir? Agir? Fantasiar? Realidade? Este trabalho tenta desmistificar a Regressão de Memórias e a Terapia de Vivências Passadas, mostrando que o processo começa na boa respiração, passa pelo relaxamento evoluindo para a meditação, chega à auto-hipnose descobrindo o estado alfa para finalmente chegar a uma regressão de memórias e terapia de Vivências Passadas, sendo assim uma viagem com muitas escalas.

Crises ao longo da vida, As primeiras situações de aprendizado vivencial começam em como fomos recebidos ao descobrir o estado de embaraço (espanhol) gravidez (português), notamos que as duas palavras denotam (momentos difíceis) dando início a uma série de crises que se manifestarão ao longo da vida, que nos obrigam sadiamente a crescer. 

Crises de adotar um veículo físico, talvez sejam a primeira decisão do corpo energético ou da identidade para lapidar as pendências deixadas em vivências anteriores ou pela hierarquia ancestral (pai/mãe, avós, visavôs, tataravôs, tetravôs, etc.)

Crise da gestação, como foi recebida? Qual foi à primeira emoção da mãe, pai, parentes, amigos. A memória energética guardou tudo isso e pode estar influenciando a vida de um ser agora.

Crise do nascimento, do ponto de vista energético e holístico, deve-se procurar que o parto seja o mais normal possível. Na vida, o parto estará simbolizando os constantes processos de mudanças que vivenciamos e devemos fazê-los com segurança, flexibilidade e amor. 

Crise do aleitamento, além da alimentação física e protetora que os médicos recomendam, está o sentido energético da troca de carinho importante para no futuro como auto-estima, confiança, busca e desafios. 

Crises do andar, falar, pensar, este momento é tão importante devido a influência que terá ao longo da vida. (Bernard Lievegoed em seu livro desvendando o crescimento diz: Durante este aprendizado da posição ereta se desenvolve a capacidade exclusivamente humana "a fala") Em termo energético a criança começa abrir as janelas para o mundo físico e do pensamento com alguns toques de emoção, se ela aprender a respirar corretamente encontrará maior equilíbrio em pensamento, sentimento e ação. 

Crise do "Eu", muito adulto não entende quando uma criança troca a fala, a nenê, o nenê e de repente fala "eu não quero" sendo muitas vezes repreendida como desafiadora ou mal criada. Esta atitude inibe o ser humano futuro que tem que se colocar todos os dias como um indivíduo com pensamentos, sentimentos e atitudes próprias.

Crise do primeiro momento só, é um aprendizado único que deve ser compartilhado e bem direcionado para evitar os extremos. Este momento é o descobrimento do espaço próprio, auto-respeito e auto-aprendizado. Quando insinuo relembrar de um momento só, feliz e com tranqüilidade, algumas pessoas tem uma grande dificuldade de lembrar e é comum escutar que receberam muitas críticas por desejar se isolar. 

Crise dos medos, estes aparecem colocados por adultos nas crianças no tempo que gostam de escutar contos e estórias. Outros medos são colocados para controlar, manipular, chantagear emocionalmente, ficando na memória energética e aparecendo como símbolos esmaecidos em momentos importantes na vida, profissão ou relacionamentos. 

Crise da sexualidade, a puberdade é interferida pelo fator do equilíbrio emocional, dos pais, protetores ou educadores, espiritualidade, meio ambiente, cultura social. Ao aparecimento da puberdade as mensagens emitidas e recebidas farão parte dessa vida, as virtudes de uma terapia serão que essas vivências podem ser reescritas pela própria pessoa. 

Crise da maioridade dos corpos, esta fase une os cinco corpos em um só querendo ser único, sair de casa, perder os medos e ser ele mesmo, questionar as pessoas e o mundo em que vive. As conseqüências disso incomodam as mentes já pré-estabelecidas e que querem sossego, esquecendo que já passaram por essa fase. 

Crises da escolha, exatas ou humanas? Todas as crises anteriores afetarão neste momento, mesmo em famílias herdeiras de profissões, sem contar com a influência e direcionamento de vivências passadas. 

Crise das forças, "o céu é o limite" nesta fase de vida, esportes radicais, baladas, velocidade, sons, experimentação do proibido, uma grande maioria adere a esta situação que não mede conseqüências que afetarão o futuro próximo. 

Crises Crística, símbolo do sofrimento que leva muitas pessoas a um estado de tristeza profunda, que pode ser facilmente cuidado com Florais de Bach e aconselhamento.

Crise de olhar para traz, chega um momento na vida de muitas pessoas quando olham para traz, sentem insatisfação, tristeza, desassossego. Outras pessoas relatam que se sentem como se estivessem num porão, num túnel ou numa noite sem fim, enquanto outras recebem este momento como mais um desafio. E o momento para algumas pessoas de entrar em contato com as vivências ancoradas.

Crise da segunda oportunidade, Analisando o processo de vida do homem observamos que muitos símbolos que apareceram à partir do nascimento até o final da adolescência, se repetem até duas vezes no decorrer da vida adulta. Estes símbolos revestidos como perdas ou ganhos em qualidade de vida, aprendizado/profissão, relacionamentos afetivos. 

Crise do corpo físico mental, nesta fase o medo de perder o equilíbrio físico, esquecer, ser esquecido ou ignorado, produz um estresse físico e mental que leva a uma longa peregrinação por consultórios de todo tipo. Em Regressão e aconselhamento a estas pessoas lhes é mostrado a progressão baseada num planejamento de vida racional/mental, certificando-se de unir o que já foi plantado, somado com as sementes atuais. Esta adição mostrará o que vai ser colhido no futuro. O livre arbítrio nunca teve tanta importância neste momento de vida, porque pode ter protelado a metade da vida seus sonhos e fantasias e passar o resto da vida se queixando e culpando os outros. 

Crise da morte e das perdas, provavelmente esta é a ultima crise do ser humano na caminhada física que é inevitável. Atua próximo ou depois da aposentadoria e é como um livro que tem inicio meio e fim. Alguns ficam escrevendo sempre primeiros capítulos, outros se acomodam nas páginas intermediarias e uns poucos sabem ou aprendem a finalizar o livro da própria vida com sabedoria, serenidade e dignidade. (a sabedoria oriental se refere a quatro grandes momentos da vida. Dos 0 aos 21 anos é o momento de Aprender. Dos 21 anos aos 42 anos é o momento de Lutar. Dos 42 aos 63 é o momento de se tornar Sábio. Dos 63 em diante, é o momento de Ser Sábio). 

Anexos 

"TERAPIA DE REGRESSÃO”

Técnica terapêutica que faz uso de diversos recursos de indução para conduzir o cliente a estados profundos de autoconsciência, desse modo, induzir "insight" sobre a infância, a vida intra-uterina e até mesmo transpessoais (informações alem da personalidade), com o aflorar de emoções reprimidas, lembranças traumáticas e sonhos (para serem trabalhados pela Terapia Holística), além de despertar a sabedoria interior e intuitiva no cliente, capaz de orientá-lo na tomada de decisões ou. Até mesmo, na resolução de suas questões, possibilitando desbloqueios e harmonia emocional. Os conteúdos vivenciados durante o processo de regressão devem ser elaborados conjuntamente pelo cliente e pelo terapeuta holístico, o qual fará uso de aconselhamento, sendo esta parte fundamental e integrante da terapia.  

“TERAPEUTA EM SINCRONICIDADE”

Distingui-se dos demais terapeutas por atuar junto ao seu cliente sem a obrigatoriedade do contato físico direto, sendo que em algumas situações nem sequer é necessária a presença do mesmo. Este profissional faz aplicações práticas da teoria da sincronicidade junguiana, utilizando métodos tradicionais e modernos de previsão, tais como radiestesia, paranormalidade, astrologia, numerologia, tart, I Ching, búzios, runas e similares, como formas auxiliares da avaliação do quadro do cliente, ou terapeuticamente, estimulando-lhe a intuição e o pensamento não linear; de posse da análise sincronística, faz uso terapêutico de técnicas como reiki, radiônica, psicotrônica, mentalizações e similares, além da discussão interativa com o cliente de aspectos levantados ou astrologicamente, ou numerologicamente ou por demais métodos tradicionais de previsão, acrecidos de aconselhamento,levando ao auto-conhecimento e a mudanças em várias áreas, sendo as mais comuns: comportamento, elaboração da realidade e/ou preocupações com a mesma, incrementando a capacidade de ser bem-sucedido nas situações da vida (aumento máximo das oportunidades e minimização das condições adversas), além de conhecimento e habilidade para tomada de decisões, inclusive, profissionais. Realiza consultoria junto a empresas, além de particulares, aconselhando e otimizando a habilidade para tomada de decisões tanto na esfera pessoal, quanto profissional, além de promover a harmonização energética de ambientes. 

“TERAPEUTA FLORAL”

Procede ao estudo e a análise do cliente, realizados sempre sob o paradigma holístico, cuja proposta é predominantemente preventiva e que atuam através das questões psíquicas, sendo cada essência indicada para harmonizar um tipo de emoção específica. O uso contínuo da terapia floral leva a uma maior compreensão das emoções, permitindo o aflorar de um material psíquico mais profundo, ampliando, assim, o auto-conhecimento, o que resulta numa melhoria da qualidade de vida como um todo, podendo chegar até à reversão das somatizações. É normalmente associada a outras técnicas terapêuticas, em especial, o aconselhamento, possibilitando mudanças em várias áreas, sendo as mais comuns: comportamento, elaboração da realidade e/ou a preocupação com a mesma, incremento na capacidade de ser bem sucedido nas situações da vida (aumento máximo das oportunidades e minimização das condições adversas), além de conhecimento e habilidade para tomada de decisões, inclusive, profissionais. 

“PARAPSICOLOGIA”

Estudo de uma série de fenômenos psíquicos, fisiológicos e físicos, inabituais, ainda não explicados pelas leis naturais conhecidas, os quais comumente, atuam como que dotados de intencionalidade e inteligência. Linha terapêutica que trabalha especificamente os chamado fenômenos paranormais, tais como, desdobramento consciente, (viagem astral), regressão e vivências passadas, “poltergeist” possessão e similares.

Referencias bibliográficas 

Brian Weiss

  • Muitas Vidas Muitos Mestres
  • Meditando com Brian Weiss
  • A cura através da Terapia de Vidas Passadas
  • Editora Sextante - 2000

 

Bernard Lievegoed

  • Desvendando o Crescimento – Fases evolutivas da infância e da adolescência
  • Editora Antroposófica - 2000

 

Judy Hall

  • Terapia de Vidas Passadas
  • Editora Avatar - 1998

 

James Van Praagh

  • Em Busca do Perdão
  • Editora Sextante - 2000

 

Louise L. Hay

  • Cure seu Corpo
  • Editora Best Seller - 2005

 

Ghanshyam Singh Bipla, Colkete Hemlin

  • Magnetoterapia
  • Editora Pensamento - 1999

 

Clássicos de bolso.

  • Rei Édipo, Sófocles. Antígone
  • Ediouro, 1993

 

Fátima Ferreira Duque

  • Florais de Bach na Astrologia
  • Editora Madras – 2004

 

Joaquim Gervásio de Figueiredo

  • Dicionário de Maçonaria
  • Editora Pensamento
 

NTSV Normas Técnicas Setoriais Voluntárias

  • Auto-Regulamento que pressupõe uma atitude voluntária dos profissionais a partir de uma conscientização para a necessidade da disciplina que abrangerá pontos básicos, estabelecendo regras, éticas e técnicas de atuação

 

Nelson Zuniga

  • Palestras proferidas e artigos publicados no SINTE, LEVEN entre outras.
 
 

Nelson Zuniga

CRT 34429

Terapeuta Holístico

13 de Março de 2008

www.zuniga.terapiaholistica.net
Última atualização:
2008-05-20 13:30
Autor: :
SINTE SINDICATO DOS TERAPEUTAS
Revisão:
1.1
Avaliaçãoo mídia: 4.8 (20 Votos)

Não pode comentar este artigo

Chuck Norris has counted to infinity. Twice.

Registros nesta categoria

Tags