A Dança-Terapia em Cinco Movimentos


A Dança-Terapia em Cinco Movimentos, uma terapia complementar da Psicoterapia Holística

Propositura de Palestra: 

Palestrante:

José Antonio Rodríguez Reina - Terapeuta Holístico - CRT 43 913

Arte-Terapia EMANUEL 

Rua 15 de Novembro, 910, Sala "A" 

Palotina, PR 

CEP: 85950 000 

Autor: José Antonio Rodríguez Reina - Terapeuta Holístico - CRT 43913

Titulo: "A Dança-Terapia em Cinco Movimentos, uma terapia complementar da Psicoterapia Holística"

Local: Sala de Arte-Terapia Emanuel, Rua 15 de Novembro, 910, Sala: A  -Centro-

Palotina, Paraná, CEP: 85950-000 

É possível que seu navegador não suporte a exibição desta imagem.

"Temos que nos unir na dança, para aprender a cantar a musica da VIDA"

Augusto Cury. 

"A Dança-Terapia, é a arte para o movimento, criatividade para a mente. Tudo isso se mistura e entrelaça. Criando uma tensão similar ao beijo entre a beleza e a feiúra. Barrando os preconceitos da sociedade" (Tomado do pensamento da mestra em Dança-Terapia a espanhola, Maité León) 

"O ser Humano é um nu de relações"

Leonardo Boff 

Dedicatória: "Minha modesta homenagem a todas as pessoas que acreditaram na minha proposta e até hoje embarcam neste navegar pelas águas transparentes da nossa lagoa imaginaria"

José. 

SUMÁRIO: 

  1. Introdução ao método.
  2. Breve resenha histórica da Dança-Terapia.
  3. Breve resenha histórica da Dança-Terapia na minha vida profissional no Brasil e sua relação com a Psicoterapia Holística.
  4. Os cinco movimentos chineses e sua relação com a Dança-Terapia.
  5. O texto das músicas e sua relação com o histórico emocional do cliente.
  6. A Psicoterapia Holística fonte de diagnóstico e prognostico do emocional do cliente segundo o paradigma Vigostkyano.
  7. Os ritmos latinos: samba, salsa, tango, bolero e sua relação com os nossos arquétipos. Nossos ancestrais africanos.
  8. O Método, alguns exemplos.
  9. Conclusões.
  10. Bibliografia.

TERMOS:

  1. TH, Terapeuta Holístico.

  1. DTH, Dança Terapia Holística.

  1. SH, Psicoterapia Holística


RESUMO: A DTH em cinco movimentos é uma terapia complementar que auxilia o TH que desenvolve as técnicas da SH (Aconselhamento) a resolver e canalizar conflitos emocionais de seus clientes que não foram tirados para fora na catarse, por diferentes tipos de bloqueios que o cliente enfrenta no momento da SH e que tem muito a ver com seu estado emocional no momento em que foi a plicada a técnica como exemplo: "A Vivência", fatores ambientais, de saúde, barreiras etc. A DTH se enriquecem com a pantomima, o balé clássico, as danças modernas e contemporâneas, assim como as do folclore das diferentes culturas com seus movimentos: condensados, leves e quebrados como catalisadores de emoções reprimidas. Nossa cultura ocidental não pode perder de vista os arquétipos trazidos pelos africanos que fazem parte dos campos energéticos do continente junto aos da Antiga Grécia e toda a mistura cultural e a miscigenação que nossos países latino-americanos sofrem, assim como nossas culturas aborígenes que tem uma riqueza enorme de imagens arquetípicas, por esses fatos históricos a DTH trabalha os ritmos latinos e caribenhos assim como os nordestinos e os movimentos de nossos orixás que na rumba, conga, guaguancó, salsa e etc. estão muito presentes.

Não podemos perder a perspectiva que os orixás têm a mesma condição arquetípica que os deuses politeístas gregos eles se debatem entre o HERÓI E A VÍTIMA da mesma maneira, só mudando a embalagem e estes orixás estão cheios de erotismo e sensualidade. Por isso o DTH associa o rimo a cor dos meridianos em dependência da sua intensidade. A salsa com o movimento fogo e cor vermelha que o TH já trabalha com o cliente na sessão de cromoterapia. Outro fator importante é o envolvimento com o texto já que cada movimento terá uma justificativa em relação com a mensagem que o conteúdo poético da música nos passa como, por exemplo, a música: Vitoriosa, de Ivan Lins, muito apropriada para resolver conflitos relacionados com a sexualidade. A DTH é uma terapia de grupo que permite a  

abordagem indireta do conflito que muitas vezes o cliente na sala não que falar ou simplesmente não faz o INSIGHT pela própria resistência. É de fácil aceitação pelos clientes e traz muito bem estar psicofísico para eles, por isso sua condição holística. 

ESCLARECIMENTO: Sempre vou falar de clientes no termo feminino já que até hoje só e tido esta experiência em mulheres, meu sonho e formar uma turma de homens, mas eu estou no Sul onde o machismo é muito forte e só consegui reunir turmas de DTH de casais que seria outro trabalho a abordar no futuro. Meus clientes homens só fazem TH ou recebem a técnica da psicanálise. 

1 - INTRODUÇÂO: 

"A DTH em Cinco Movimentos" é uma terapia alternativa que auxilia o trabalho do TH, como outro canal para complementar e comprometer aqueles aspectos emocionais do cliente que no consultório não ficaram resolvidos. Comprometendo o corpo em conjunção com a alma, assumindo a emoção como um todo indivisível o cliente por meio dos movimentos condensados, quebrados e leves, assim como pela mímica em sintonia com a música e seguindo o texto do compositor, sua compreensão e expressão do conteúdo mediante o corpo tiram para fora emoções reprimidas e passa por estados catárticos sem sofrer, além de que compartilha com o grupo assumindo-se como ele é na totalidade em outra dimensão cósmica. A DTH em Cinco Movimentos é além de preventiva para doenças da terceira idade como o Mal do Alzheimer.

 

2 - BREVE RESENHA HISTORICA DA DANÇA-TERAPIA: 

Após da caída do franquismo na Espanha, o terapeutas e pedagogos assim como todas as pessoas de boa vontade, saíram na rua com os síndromes de down e todo tipo de deficientes físicos e mentais como uma forma de dizer ao mundo que todos tem o direito a expressão na diversidade. As teorias de Vigostky e seus postulados cognitivos (entre eles o mais significativo o referente a ZDP Zona de Desenvolvimento Proximal) trouxeram uma forma nova de intervenção terapêutica, novos paradigmas desafiarem os profissionais da saúde entre eles, os terapeutas, que tiverem que ser mais criativos e abrir-se as novas formas que os novos tempos exigiam. E foram os terapeutas que tiverem um destaque no campo da dança-terapia e a sua relação entre: "Texto - compreensão - movimento - expressão" O nome da técnica na Europa e em Cuba países que destacam  até hoje na sua aplicação é: PSICOBALLET. Podem ser encontrado nos livros ou na internet. Sua pioneira e promotora até hoje a Sra. Maité León. 

3 - BREVE RESENHA HISTORICA DA DANÇA-TERAPIA NA MINHA VIDA PROFISSIONAL NO BRASIL E A SUA RELAÇÃO COM A PSICOTERAPIA HOLÍSTICA.    

O Psicobalé entrou na minha vida profissional depois da queda dos muros de Berlin, no princípio dos anos 90 que comecei trabalhar como terapeuta na ONG Cáritas Internacional trabalhando a técnica com crianças portadoras da Síndrome de Down e, logo depois, já com deficientes cognitivos e físicos assim como pessoas da terceira idade que na época pelas limitações econômicas que enfrentava o governo de Cuba, não conseguia oferecer mais de graça a população este serviço e uma grande quantidade de profissionais capacitados para esses fins terapêuticos tinham escolhido o exílio (o pais enfrentou o maior déficit de profissionais da sua historia naquela época). Isso me permitiu até capacitar-me e sair fora do pais para me profissionalizar e trabalhar para a ONG.

No ano 2004 quando cheguei ao Brasil com quarenta e seis anos e, quase trinta de experiência profissional tive que buscar uma maneira de sobreviver e ajudar a minha Sra. na construção do novo projeto de vida (O casamento). E, encontrei no PSICOBALÈ uma forma de trabalhar honradamente e tornar-me conhecido como profissional sem agredir aos outros terapeutas que não conheciam esta técnica.

Tive como primeiro desafio, que mudar o nome por PSICODANÇA, que após de entrar nos terapeutas holísticos no ano 2008, definitivamente leva o nome de (DTH) DANÇA-TERAPIA HOLÌSTICA. Como uma forma de cumprir com as NTSV, já que alguns psicólogos mal intencionados se sentiam invadidos pelo prefixo (psico-). Foi então, que decidi montar minha própria sala seguindo as regras de marketing aprendidas no curso de Psicoterapia Holística da Turma de 2008, a qual pertencia, de como montar um consultório seguindo a NTSV. Foi no ano 2008 em que comecei a relacionar o corpo com a mente já que por vir de uma ditadura onde trabalhei quase trinta anos eu mesmo, como terapeuta tinha meus próprios preconceitos.

Ter o Consultório junto com a sala de Psicoterapia Holística me proporcionou uma melhor pratica e interação com as técnicas numa retroalimentação dialética e uma dinâmica de trabalho que até hoje no ano 2011 continuo com resultados, muito mais obtive a perseverança das clientes. E, até não fiquei tão preso na psicanálise como  

uma técnica a aplicar. Comprovei na pratica que muitos clientes aplicando a técnica: Aconselhamentos caminhavam mais de presa na sua evolução emocional e pessoal já que a DTH complementava a parte do toque que não tinham no consultório, toque em coletivo que me deixava mais leve e confiado que aquele que poderia ter sozinho no consultório com o cliente. Já que na DTH o toque e direcionado pelo terapeuta entre eles e faz parte da coreografia, entrando na vida daquelas, mais fechadas de uma maneira natural. 

4 - OS CINCO MOVIMENTOS CHINESES E SUA RELAÇÃO COM A DTH. 

O cliente durante as sessões de PH através da técnica de Aconselhamento vai conhecendo e se familiarizando com as cores dos CINCO MOVIMENTOS CHINESES. Além de que minha abordagem é de ordem integrativa, não descarto nada sempre que me seja útil, e não transgrida as NTSV. Meus clientes na sua maioria tiveram algumas vezes sessões de cromoterapia e o bastão cromático, que os ajudou a encontrar a nível consciente as cores na sua imaginação. Por isso na hora da DTH os ajudou a encontrar as cores pelo conteúdo da musica, ou seja, a mensagem do texto assim como pela sua estrutura melódica.

1- A musica: Camarada água do grupo Teatro Mágico, é bem explícita no meridiano que aborda e a cor azul já que o cliente e que sempre todos nós associamos o azul-água, embora que no momento coreográfico e a mímica dos movimentos tenha alguns bem condensados.

2- A música: Pássaro de Fogo da Paula Fernandez, pelo conteúdo da música já a palavra FOGO explicitamente leva ao cliente a cor vermelha e durante toda a dança se imaginam vestidas de vermelho.

3A música: VITORIOSA de Ivan Lins, é mais branco, mais para dentro, centrípeta, por isso se associa ao metal, muito apropriada para trabalhar frigidez e anorgasmia. O MOVIMENTO metal leva a se relacionar a cliente com a introdução do falo como fonte de prazer, é um ato de VITÓRIA é a heroína que consegue satisfazer ao macho. 

Estes três exemplos ilustram um pouco, como abordo os movimentos chineses e as cores além de que após das vivencias para tirar as clientes do sofrimento já tenho trabalhado com todas elas uma Lagoa de águas transparentes imaginária, que todas têm, e uma ave que representam como gaivotas, cisnes, beija flor. Então essa lagoa contém as cinco cores dos movimentos e seus significados e no momento de voltar a realidade ou de sair do momento catártico o TH coloca a música e faz lembrar a lagoa imaginaria e coloca o elemento que a cliente precisa mais, por exemplo si a cliente esta precisando de equilibro o TH enfatiza em que ela observe os girassóis pela cor amarela (nossa terra que foi feita em prefeito equilibro) A música da LAGOA e trabalhada na DTH com movimentos muito leves e condensados, como não tem texto o TH direciona este exercício corporal a relaxar o corpo. A música: Ar de João Sebastião Bach numa versão que inclui sons das aves e da natureza, numa versão do grupo Café Do Mar (grupo de musica contemporâneo eletroacústica que revive a música erudita dos grandes clássicos da humanidade)  

 

5 - O TEXTO DAS MÚSICAS E SUA RELAÇÃO COM O HISTÓRICO-EMOCIONAL DAS CLIENTES.

Já tenho abordado que minhas clientes me oferecem muito material emocional para trabalhar na DTH no momento da VIVÊNCIA, assim como nas sessões da psicanálise, nos momentos de resistência. Esse material é guardado e na hora de montar o roteiro das músicas para trabalhar na DTH, eu tenho em cada sessão a oportunidade de trabalhar de oito a nove músicas e algumas vão direcionadas a uma cliente em específico numa abordagem indireta de seu conflito. O exemplo da música Sonho impossível de Maria Betânia pode ilustrar já que o conteúdo do texto vai direcionado a resgatar a possibilidade de voltar a sonhar até com o impossível e uma delas pode ter me falado na TH que queria já se entregar e renunciar a seus objetivos ou pelo contrário em sua linguagem não estava explícito e sim na sua fase o simplesmente se fecha a progredir. 

6 - A PSICOTERAPIA HOLÍSTICA FONTE DE ANAMNESE E PROGNÓSTICOS DO EMOCIONAL DO CLIENTE SEGUINDO O PARADIGAMA VIGOSTKYANO. 

O paradigma vigostkyano: de diagnóstico - intervenção - prognóstico, oferece ao TH uma dinâmica de trabalho muito rica. Seu descobrimento da Zona de Desenvolvimento Próximo na área da pedagogia deixou aos terapeutas muito mais otimistas e hoje além de que o Império Socialista Russo não existe mai, não podemos esquecer e deixar de valorizar as descobertas deles na sua urgência de construir um mundo melhor e mais participativo. Todos nossos clientes têm essa zona já que é uma descoberta reconhecida pela OMS. Ter conhecimento dela e de suas infinitas possibilidades permitem ao terapeuta enriquecer sua intervenção com o cliente e muito mais, reduzir o tempo de intervenção, obtendo resultados mais imediatos que sei bem, o cliente se recupera mais rápido e, é um cliente que perdemos e nos indicará outros já que pela minha experiência pessoal nossos melhores marqueteiros são nossos próprios clientes. Eu tenho o costume de chamar: Marketing de boca a boca. Para a DTH a descoberta da ZDP de Vigostky é muito importante no sentido de que as pessoas que chegam a nossos consultórios são muito carentes e bem muito contaminadas cheias de limitações que elas mesmas colocaram em sua cabeça é uma barreira contra a qual temos que lutar no dia a dia já que DTH pela complexidade que vão alcançando os movimentos e por ser uma terapia de grupo onde a cliente pode se frustrar pelos progressos das outras e não compreender suas limitações e se desenvolver no grupo com elas, sofrem o perigo de desistir. 

7 - OS RITMOS LATINOS E CARIBENHOS: SALSA, SAMBA, BOLERO, RUMBA, GUAGUANCÓ E SUA RELAÇÃO COM OS NOSSOS ARQUÉTIPOS. NOSSOS ANCESTRAIS AFRICANOS. 

Quando eu falo do Brasil estou me referindo ao marco estreito da cidade de Palotina onde moro faz oito anos, aqui desempenhei minhas experiências profissionais. Por "isso sempre nas palestras e no meu livro em português uso o termo "Impressão" O seja, "Impressão diagnóstica, cultural, social etc."

Na cidade onde moro nos seus ancestrais culturais predominam as culturas: alemã e italiana, falar de arquétipo no sentido clássico junguiano não é tão compreensível  e  

de fácil aceitação. Mas, quando a gente fala dos ancestrais do povo de Bahia o nordestino, é outro o assunto (Os ancestrais africanos). Um empobrecimento da visão cósmica de Deus e sua presença, essa "Energia de fundo" (Que muito bem aborda Boff na sua literatura teológica e latino-americana) Que nos capacita para acolher a Deus em todas as coisas, é muito limitada e empobrecida pela falta de cultura e o fanatismo religioso de alguns que querem cosificar a DEUS. Além de que no ano 2004 alguns pseudo-terapeutas holísticos tinham deixado a cidade no espanto (todo ao contrário que logo após conheci no SINTE)

Nessa realidade tive que colocar os ritmos latinos que eram aqueles que conheciam para começar meus projetos e tornar conhecido meu trabalho, era minhas ferramentas terapêuticas de como me projetar profissionalmente nessa área. Tudo começou com a músicaSimbalaiê da cantora Maria Gadú e os movimentos de braços semelhante Yemaya (o uso do port de bras e suas ondulações) Uma coincidência significativa já que Filipo Taiglione o mestre do balé quando desenvolveu este movimento nas suas bailarinas não tinha conhecimento das danças africanas (ele era Frances e não viajou a África). Todo muito bem explicado pelo Jung nos seus estudos da sincronicidade.

Então tive que explicar para elas conceitos como politeísmo e revelar que as danças caribenhas dançadas durante quase três anos vinham dessa cultura que elas rejeitavam por se sentir traindo sua religião: conga, rumba, guaguancó não são outra coisa que a imitação dos movimentos do Deus Xangó. Estes bailes nascidos em Cuba se espalharam muito rápido pelos países do Caribe e deram origem ao "Ritmo Salsa" hoje dançado no mundo e que até um Congresso Internacional anualmente se celebra em São Paulo.

Explicar a elas a história da musica Simbalaiê foi muito significativo já que a maioria após da experiência tiveram muitos insight e após de voltar das vivências conseguiam ver o mar, os barquinhos, os pescadores,... E saíram da técnica muito, mas relaxadas e tirando um maior proveito depois na DTH no momento de dançar a música.

Ao respeito de Simbalaiê:  

"Shimbalaiê é uma canção da cantora Maria Gadú do seu álbum homônimo. Lançada como primeiro single, em agosto, a canção foi incluída na trilha sonora da novela Viver a Vida e, a partir daí, se tornou um sucesso pelo Brasil inteiro.

A canção foi sua primeira composição, composta aos 10 anos de idade, que segundo a cantora, foi feita no momento do pôr do sol em uma praia quando ela estava sozinha olhando o feito e sem o violão. Afirmando que "Shimbalaiê" foi uma espécie de susto e que não gostava tanto de escrever (em forma de composição), assim Maria Gadú só voltou a compor 9 anos depois.

-"Eu só  estava descrevendo uma paisagem."

A cantora afirma que a palavra não tem nenhum significado, mas na verdade a expressão deriva de um dialeto africano.

Existem várias formas de se escrever, no entanto, a forma correta é Ximbhalaijè, que poderia ser traduzida assim: Ximbha (natureza, meio ambiente) - Laijè (alma, deus, espírito)".

Nossa condição de Holísticos tem também que priorizar a parte CULTURAL l do cliente algo a sugerir nas NTSV porque o brasileiro não tem hábitos de leitura e o país tem o lugar 53 em desenvolvimineto educacional mundial, então a ignorância pode conspirar contra as interpretações de nosssas técnicas. Nesse sentido temos que ficar bem de plantão para ter sempre uma resposta convincente na ponta da língua. 

8 - O MÉTODO E, ALGUNS EXEMPLOS: 

No meu canal: Z1957A, em Youtube se podem encontrar alguns exemplos das DTH (com músicas com texto e sem texto compreensível ou não). Quando trabalho música em espanhol antes dou uma folha com a tradução do texto ao português para que elas tenham idéia da mímica a imitar como neste primeiro exemplo de uma das músicas que além de ser interpretada em espanhol me tem acompanhado sempre e com muita aceitação: 

  1. O despertar música da cantora e compositora Liuba Maria Hevia (cubana)

http://www.youtube.com/watch?v=L1BwHBRE2X4 

Muito importante esclarecer que o uso da bola de pilates só esta em função da dança, não como meio de treinamento físico e assim respeitar as NTSV. 

  1. Uma salsa: A do biquíni vermelho, a compreensão do texto não é o que importa, é o movimento fogo (cor vermelho) e o trabalho da lateralidade direita e esquerda com a bolinha que tem na mão em função do equilibro. Estes exercícios vão direcionados a prevenir o MAL do Alsaimer.

http://www.youtube.com/watch?v=xfpd12XCzGs 

  1. Felicidade musica que seus movimentos e compreensão do texto viraram uma coreografia para torcer pela Copa do Mundo com o predomino da cor verde (o movimento madeira) mostra como elas se expandem fazendo uso do espaço e dos movimentos circulares.

http://www.youtube.com/watch?v=JD3JfqiNW6Q 

  1. Música: Quero-te, um texto poético do Mario Benedetti, um dos poetas uruguaios mais conhecidos na contemporaneidade o texto foi musicado por Alberto Fávero e o interprete é o cantor Jairo (ambos argentinos). Os movimentos direcionados ao movimento metal (cor branca). Condensados, leves, em movimentos circulares mais avançados enfrentando o desafio de dos círculos já que o texto expressa a unidade e a solidariedade em grupo, cotovelo com cotovelo para ser, muito mais que dois!

http://www.youtube.com/watch?v=PbXxIFe84Us 

 

9 - CONCLUSÕES: 

A DTH em Cinco Movimentos é uma terapia alternativa de grupo que auxilia o trabalho do TH como complemento de seu trabalho no consultório. Insere ao cliente num grupo e trabalha a socialização e os laços interpessoais. A diferença de outras técnicas corporais aplicadas no Brasil a DTH em Cinco Movimentos compromete a área cognitiva da personalidade além da afetiva porque se trabalha a compreensão dos textos músicas desenvolvendo e ativando os processos do pensamento: análise, síntese, comparação, generalização e abstração. Por isso é preventiva na ordem de doenças mentais futuras a da própria terceira idade dependendo da faixa etária do cliente, doenças como o Mal do Alzheimer, isquemias, paralises cerebrais e faciais etc. Dos grupos de DTH se formou um subgrupo de Dança Contemporânea da Terceira Idade: EMANUEL. Temos participado de quatro festivais nacionais e três internacionais e durante meu intercâmbio com outros terapeutas que aplicam a técnica não descobri nenhum que na sua abordagem trabalhe as áreas cognitivas da personalidade. Nosso grupo já tem dez prêmios (seis primeiros lugares, três internacionais e três no Brasil, e quatro segundos lugares três no Brasil e um internacional). 

10 - BIBLIOGRAFIA: 

* Boff, Leonardo. - O terapeuta do deserto.

-O tempo da transcendência. Editoras Vozes

* Vieira Filho, Henrique. O corpo como portal do conhecimento. Conferências tomadas do curso de Holística Turma 2008: Terapia Holística, Marketing assim como as NTSV. CONAN, Conselho Nacional de Auto-Regulamento e Normalização Voluntaria, São Paulo - SP - Brasil

* L.S. Vigostky. Pensamento e Linguagem. Editorial Povo e Educação, Cuba.

* Reich fala de Freud, Editora Moraes.

* Guerra Ramiro. Eros baila: Dança e sexualidade. A Havana, Editorial Letras Cubanas

Tags: arte, arterapia, dança, holistica, psicodança, Psicoterapia, SINTE, terapia
Última atualização:
2011-06-03 07:49
Autor: :
José Antonio Rodríguez Reina - Terapeuta Holístico - CRT 43913
Revisão:
1.0
Avaliaçãoo mídia: 3 (2 Votos)

Não pode comentar este artigo

Chuck Norris has counted to infinity. Twice.